Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Saúde Municipal implanta Prontuário Eletrônico

por Michele Lunardi

Sistema permitirá atendimento ágil, correto e sem desperdício de medicamentos

Dra. Tainara Fincatto já trabalha utilizando o prontuário eletrônico no ESF São José
Foto: Divulgação

Priorizar o atendimento de qualidade, mas sem desperdício dos investimentos públicos. Com este objetivo, já é uma realidade em Guaporé o Prontuário Eletrônico, um verdadeiro histórico de vida de cada paciente, controlado e registrado pelos profissionais de sua unidade de saúde e dos atendimentos no Hospital Manoel Francisco Guerreiro.
O grande objetivo é atender com eficiência, já que qualquer um dos médicos de plantão, acessando o cadastro saberá quando o paciente foi atendido, onde, qual a medicação prescrita, retirada da medicação e duração do tratamento. Neste mesmo prontuário constará se há alguma alergia, medicação de uso contínuo, doença crônica ou fator que torne o atendimento de urgência.
Por outro lado, será de grande economia para a Saúde Pública. O paciente atendido e medicado num domingo à noite, por exemplo, no Hospital Manoel Francisco Guerreiro, não poderá buscar receita médica ou atendimento na segunda feira pela manhã em sua unidade, sem antes passar por uma triagem que verifica o atendimento anterior, a necessidade de uma nova consulta ou a necessidade de espera que o medicamento receitado faça efeito. “Na prática, muitas vezes o paciente ia para o plantão no domingo à noite no hospital e na segunda feira procurava seu ESF. Como não tínhamos a informação da consulta anterior, nem do medicamento prescrito, consultávamos novamente, receitávamos o antibiótico, por exemplo, sem o paciente nos informar que já estava medicado. Um antibiótico leva pelo menos 24h para fazer efeito. Além do desperdício do tempo, já que este paciente passava na frente de quem realmente precisava de um atendimento mais imediato, há o desperdício do medicamento, disponibilizado duplamente, e o pior, o uso indevido, em duplicidade, muitas vezes provocando no paciente a resistência da bactéria ao antibiótico, perdendo o efeito do mesmo. As pessoas também precisam ter essa consciência e esta responsabilidade”, explicou a Dra. Tainara Fincatto, Clínica Geral, que atende no ESF São José.
“Era um compromisso que havíamos assumido e que agora colocamos em prática. Já está implantado nos ESFs São José e Bom Jesus, nesta semana está sendo implantado nos ESFs Triângulo e Aparecida, na sequência Pró Morar e Central 1 e 2. E claro, no hospital Manoel Francisco Guerreiro”, explica o secretário da Saúde, vice-prefeito Adalberto Bastian.
“O sistema só vem a somar. É uma segurança para todos os profissionais da saúde que irão atender este paciente, sabendo onde foi atendido, quando foi atendido, o que lhe foi receitado e quanto dura o tratamento. É nosso dever atender com profissionalismo, principalmente priorizando aquele que mais necessita, que deve estar na frente da lista de espera, que ainda não foi diagnosticado, nem medicado”, destaca a Dra. Tainara.

Como irá funcionar:
A partir da implantação do Prontuário Eletrônico, quando o paciente ingressar no ESFs de seu zoneamento, participará de uma triagem inicial, quando o profissional responsável verificará se houve atendimento anterior. Não identificado atendimento, ou verificando situação de necessidade real de encaminhamento ao médico com rapidez, a consulta acontece. Em caso de não haver necessidade, será recomendado que siga a prescrição médica e respeite o período de uso dos medicamentos conforme determinação do médico que realizou o exame anteriormente.
“É um grande passo para o sistema de saúde pública municipal. E uma conquista, para nós, médicos, enfermeiros e toda a equipe da secretaria da Saúde”, finaliza a Dra. Tainara.

Saiba mais:
O prontuário eletrônico é o registro de todas as informações de saúde, clínica e administrativas da vida de um paciente. Muitos benefícios podem ser obtidos utilizando este formato de armazenamento, entre eles: acesso rápido aos problemas de saúde e intervenções atuais; melhoria de efetividade do cuidado, o que por certo contribuirá para obtenção de melhores resultados dos tratamentos realizados e atendimento aos pacientes, com possível redução de custos e com otimização dos recursos.

Na foto:
Dra. Tainara Fincatto já trabalha utilizando o prontuário eletrônico no ESF São José.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários