Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Missionários Scalabrinianos celebram 130 anos de fundação

por Eduardo Cover Godinho
Foto: Divulgação

A Congregação dos Missionários de São Carlos Scalabrinianos, a qual é uma Congregação religiosa formada por padres e irmãos, foi fundada na Itália pelo Bem-aventurado João Batista Scalabrini, cujo carisma é ser presença junto aos migrantes.

Dom Scalabrini vivia angustiado ante a situação dos migrantes que partiam para as Américas. Era preciso agir. A nível eclesial, ele pensou uma Congregação religiosa totalmente dedicada aos migrantes. Ao ver a despedida de um grupo de migrantes na estação de Milão foi o estopim que faltava para a decisão definitiva. Assim, no dia 28 de novembro de 1887, nasceu a Congregação para os migrantes. Neste dia os primeiros sacerdotes fizeram a sua consagração a Deus, no serviço apostólico dos migrantes.

No dia 12 de julho de 1888 aconteceu a missa do envio dos primeiros missionários. Dom Scalabrini, muito emocionado, entregou o crucifixo dizendo: “O crucifixo será o companheiro inseparável de vossas viagens apostólicas, o verdadeiro conforto na vida e na morte. O campo aberto ao vosso zelo não tem limites. A Providência que acompanha com ternura materna as obras por ela incentivadas, vos dará a solução dos mais graves problemas. A cruz seja o vosso maior conforto, o vosso guia e a vossa maior segurança”. Foi assim que partiram os primeiros missionários para o Brasil e para os Estados Unidos.

A família Scalabriniana, procurando ser fiel ao espírito de Scalabrini, tem como principal atividade a assistência aos migrantes nas mais diversas áreas. Para buscar melhores condições de vida, muitas famílias deixam sua pátria e vão, por vezes sem rumo; deslocam-se dentro do próprio país, ou mesmo se aventuram em outra nação que não conhecem nem mesmo a língua.

Nesse peregrinar, muitas vezes vão ficando para trás a cultura, a religião, os costumes. A atividade dos Missionários e Missionárias Scalabrinianos na Igreja é procurar estar perto desses migrantes, lutando para a sua dignidade e procurando manter viva a fé e os bons costumes.

Presente em mais de trinta países, para melhor atender aos migrantes, a Família Scalabriniana atua nos seguintes setores: Pontifício Conselho para a Mobilidade Humana, Conferências Episcopais, Organismos Diocesanos, Paróquias, Escolas, Hospitais, Centros de acolhida e orientação aos migrantes, formação e espiritualidade, animação e orientação vocacional, estudos e pesquisa, Seminários e casas de formação, meios de comunicação social, Orfanatos e patronatos, assentamentos, reassentamentos e barrageiros, Capelania dos migrantes, Missões volantes, Pastorais e movimentos sociais.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários