Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Sartori diz que nunca faltou diálogo com os servidores e pede apoio da sociedade para mudar situação do estado

por Aldoir Santos

Durante uma hora ele foi questionado por jornalistas e ouvintes da RedeSul e Correio Riograndense, na manhã desta quarta

Sartori falou a Rede Sul de Rádio nos estúdios do Piratini (foto: Ivan Sgarabotto)

A RedeSul de Rádio e o Correio Riograndense, transmitiram na manhã desta quarta-feira, direto do Palácio Piratini, o programa especial Conversando com o Governador. Os jornalistas Evandro Fontana e Tales Armiliato entrevistaram durante uma hora o governador do Estado, José Ivo Sartori. Sartori começou a entrevista falando sobre o bloqueio da Assembleia Legislativa realizado ontem por servidores públicos estaduais. Ele disse que nunca faltou diálogo com as categorias nos nove meses do governo, inclusive o Cpers.

O Governador também falou sobre o bloqueio das contas pelo Governo Federal. Sartori disse que o Palácio Piratini vai recorrer da decisão do ministro que indeferiu liminar mantendo o bloqueio das contas.

Sobre possíveis privatizações, Sartori respondeu que é preciso avaliar se algumas instituições ainda têm finalidade no Estado. Segundo ele, privatizar não é o melhor termo a se usar.

Sobre a crise Sartori diz que está negociando com os demais poderes, mas não pode interferir nas decisões. Questionado por uma ouvinte se o Governador já sabia da crise econômica pela a qual passa o Estado, Sartori afirmou que não demorou para agir.

Durante a entrevista, Sartori voltou a admitir conceder trechos de rodovias estaduais e firmar parcerias com o Governo Federal. Por fim, o Governador disse que o Estado precisa de todo o apoio da sociedade para que a situação mude e o quadro se reverta.

O governo do estado disse que não irá retirar da pauta da Assembleia Legislativa os projetos enviados para tentar ajustar as contas. A votação estava prevista para essa terça-feira,15/09, mas devido aos protestos dos servidores a sessão foi suspensa. Durante uma entrevista exclusiva a Rede Sul de Rádio o governador José Ivo Sartori abordou este e outros temas da gestão do governo. O Palácio Piratini e o prédio da Assembleia gaúcha amanheceram cercados por mais de 250 policiais militares.

Sartori disse que nos últimos nove meses manteve o diálogo com os sindicatos que representam as categorias dos servidores. Acrescentou que mostrou a todos a realidade financeira do Estado. Quanto aos projetos o governador disse que as mudanças na Previdência foram formatadas como fez o governo federal e vai atingir somente aos novos servidores. Sartori salienta que fez as propostas e caberá a Assembleia aprovar ou não.

Sobre o projeto que estabelece aumento da alíquota do ICMS o governador voltou a afirmar que não é uma questão de vontade mas sim uma necessidade. Se não for aprovado não terá mais pagamento de salários. O chefe do executivo disse ainda que gostaria que não fizessem greve e compreendessem a situação complicada do Estado.

 

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais