Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Van Renault Master é arrematada em leilão realizado pelo Poder Público

por Eduardo Cover Godinho

Com boa participação, certame teve bem vendido ao valor de R$ 40,1 mil. Valor já entrou nos cofres do Município

Representantes de revendas de veículos e pessoas físicas participaram da sessão pública
Foto: Eduardo Cover Godinho

Mais uma sessão pública para comercialização de bens inservíveis, realizada em sua totalidade pela Administração Municipal, foi concluída com êxito e boa participação. O leilão de uma Van Renault Master, comandado pelo servidor público e leiloeiro Artur Afonso Ceni, reuniu sete interessados e o “martelo foi batido” em questão de 15 minutos de certame. O arrematador? Um empresário guaporense que atua no comércio de compra e venda de veículos.

O veículo, ano 2013 e modelo 2014 com motor diesel de 130cv e capacidade para 16 pessoas (15 passageiros + o motorista), estava avaliado em R$ 39,9 mil, sendo adquirido, com pagamento à vista e dinheiro direto ao caixa do Poder Público, ao valor de R$ 40,1. O bem foi retirado no mesmo dia e, mesmo em condições de rodagem, passará por uma revisão completa e manutenção por parte do comprador.

“Dentro do que preconizam os decretos e protocolos sanitários e de saúde, podemos afirmar que o leilão foi um sucesso. Na questão financeira também. Tínhamos um bem (Van) para leiloar e este foi arrematado, o que gera recursos ao Poder Público para que possa dar continuidade aos investimentos na renovação da frota”, disse Ceni.

Com o sucesso destes dois leilões, não descarta-se a realização de outros com a organização e execução da Administração Municipal, sem a necessidade da contratação de um pregoeiro.

“Beneficia os interessados, já que estes não necessitam pagar a porcentagem, que geralmente varia de 5 a 10%, para o leiloeiro. Isso facilita a comercialização dos bens inservíveis ao Município”, destacou.

Outros itens, que não servem mais para as atividades rotineiras da Administração Municipal, passam por análise do setor de patrimônio e poderão ser colocados em leilão.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários