Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Progressista João Henrique requer que vereadores não utilizem celulares durante as sessões

por Eduardo Cover Godinho

Parlamentar, que substitui temporariamente o vereador Pato na Casa do Povo, busca cumprimento do Regimento Interno

Pastor João Henrique pede respeito dos colegas durante as sessões, em especial na não utilização dos aparelhos celulares
Foto: Eduardo Cover Godinho

Fazer cumprir o Regimento Interno da Câmara Municipal de Vereadores. É com esse pensamento que o suplente João Henrique Weschenfelder (PP), que ocupa uma cadeira na Casa Legislativa no lugar do licenciado progressista Pato, encaminhou requerimento à Mesa Diretora para que os representantes do povo não utilizem os aparelhos de telefone celular, durante as sessões no plenário Roberto Baldasso. A medida é válida também para os assessores das bancadas, funcionários e munícipes que acompanham as atividades, sejam elas ordinárias ou extraordinárias.

Para a apresentação do requerimento, efetuado de forma verbal, João Henrique baseou-se no artigo 56, inciso 14, do Regimento Interno do Poder Legislativo que destaca: “São deveres do Vereador: XIV – não utilizar de áudios, tais como telefones celulares e assemelhados durante o período das sessões da Câmara de Vereadores”.

“Sou novo na Casa Legislativa e não sei se houve alteração no artigo 56, inciso 14. Gostaria que fosse respeitado para o melhor andamento e prestatividade dos nossos colegas”, disse o progressista João Henrique.

Conforme o presidente, Valcir Fanton (PP), o Pita, a norma deverá ser respeitada, mesmo que atualmente o celular tenha se tornado uma ferramenta importante de trabalho e fonte de informação.

“Temos a consciência da importância do celular, porém, temos no Regimento Interno essa determinação. Conversaremos com os colegas das bancadas do PP, PTB, MDB, PT e PDT para que, na medida do possível, não utilizem ao longo das sessões. É um desrespeito com aquele que está se manifestando e com o público presente. Passa a impressão que o vereador não está prestando atenção na sessão. O celular deve ser usado em caso de urgência. Vale também para quem acompanha os trabalhos no plenário”, disse Pita que solicita aos munícipes que coloquem seus aparelhos de telefone celular no modo silencioso ao adentrarem no plenário para acompanhar as sessões.

A próxima sessão ordinária está marcada para o dia 17 de maio, às 19h, no plenário Roberto Baldasso. A atividade, de número 18 de 2021, poderá ser acompanhada pelos munícipes, desde que respeitem as medidas sanitárias preconizadas pelas autoridades de saúde. A utilização de máscara e o distanciamento pessoal são obrigatórios.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais