Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Estação pluviométrica de Guaporé registra recorde de chuvas

por Eduardo Cover Godinho

Corpo de Bombeiros mediu mais de 2.450 milímetros ao longo dos 365 dias de 2015. Volume é superior ao registrado em anos anteriores

A quantidade de chuva acumulada nos 365 dias do ano passado superaram os registros de 2014, considerado um dos anos mais chuvosos da história em Guaporé. O medidor (pluviômetro) da Estação Pluviométrica, localizado no quartel do Corpo de Bombeiros, catalogou 2.456,3 milímetros nos 12 meses. Foram 10 mm a mais que no ano anterior. Segundo os principais meteorologistas, o recorde no registro é decorrente do fenômeno El’Niño, que provoca aquecimento fora do normal das águas superficiais e sub-superficiais do Oceano Pacífico Equatorial.

Durante o ano, os bombeiros, responsáveis pelas informações meteorológicas (previsão do tempo e quantidade de chuvas diárias) repassadas para a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, registraram mais de 150 dias de instabilidade climática. Os meses com quantidade elevada de chuvas foram janeiro (203,5 mm), junho (335,5 mm), julho (317 mm), setembro (281,2 mm), outubro (355 mm) e dezembro (278,5 mm). Os dias mais chuvosos do ano, segundo as anotações, foram 23 de junho com 98,5 mm, 21 de setembro e 9 de outubro com 85 mm, cada. O décimo mês de 2015 teve um dos períodos de maior registro de chuvas da história. Foram 207 mm registrados nos dias 8, 9 e 10. Para se ter uma ideia da quantidade absurda que caiu em 72 horas, o número superou os meses de fevereiro, março, abril, maio, agosto e novembro.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), em sua base de dados, registrou em Guaporé, nos últimos 30 anos, uma média anual de chuvas que alcançou os 1.760 milímetros (mm). O preocupante é que há quatro anos a média está sendo superada, sendo que nos dois últimos o índice pluviométrico foi muito superior.

 

Medidor

Os índices pluviométricos são coletados através do pluviômetro tipo “cunha” com capacidade de 130 mm, área de captação de 15 cm2, divisão de 2,5 mm e material de poliestireno cristal. O equipamento pode apresentar uma margem de erro de até 10% em comparação aos pluviômetros digitais ou mais sofisticados. A estação em Guaporé está localizada na sede do Corpo de Bombeiros, que informa diariamente à Defesa Civil sobre a incidência de chuva.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais