Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Moradores estão indignados com descarte irregular de lixo no Nossa Senhora da Saúde

por André Fabio Bresolin

Diversas sacolas plásticas e restos de animais foram descartados em um terreno baldio

A falta de consciência e respeito continua gerando diversas reclamações dos moradores de Guaporé quanto ao descarte irregular de resíduos secos, orgânicos, volumosos e eletrônicos. Não é difícil verificar que em terrenos baldios e beiras de estradas vicinais o lixo, muitas vezes bem acondicionado em sacolas plásticas e caixas de papelão, é jogado. Mesmo com a coleta diária, campanhas de recolhimento e ponto específico para descarte (Eco Ponto no Parque de Máquinas), muitos insistem em prejudicar o meio ambiente.

No bairro Nossa Senhora da Saúde, no cruzamento das ruas Oreste Luis Camini e Albertino Tramontina, a comunidade está indignada com a falta de respeito e conscientização. Diversas sacolas plásticas e restos de animais foram descartados em um terreno baldio. Além de poluir a imagem da localidade, um forte cheiro foi provocado pela queima de parte do lixo.

“Deram fogo numas carcaças de peixe. Acreditamos que era só peixe. Um cheiro insuportável tomou conta. É inacreditável que ainda temos pessoas que descartam irregularmente o lixo. Acreditamos não ser ninguém do bairro, mas sim, de outro ponto da cidade. É lamentável. Só resta-nos conviver com essa falta de educação. O povo precisa se conscientizar dos seus atos. Não está prejudicando só nós do bairro, mas toda uma comunidade.”, disse um dos moradores que denunciou o descarte.
Ele, juntamente com os demais, não conseguiu identificar quem descartou irregularmente as sacolas de lixo e os restos de animais.

Multa

Ciente da situação verificada em diversos pontos da cidade, a secretária de Meio Ambiente Mônia Zampeze, pede a colaboração da comunidade, em especial dos moradores das proximidades, para que denunciem, citando o nome e/ou a placa dos veículos, quem está cometendo a infração contra o meio ambiente. Para quem for flagrado descartando lixo em locais irregulares há multas, conforme determinam as leis ambientais. Conforme decreto federal 6514/2008, os valores podem variar de R$ 50,00 a R$ 10 mil. Mais informações e denúncias, todas elas sigilosas, podem ser repassadas para os telefones (54) 3443.5987 ou 3443.6372, na Secretaria de Meio Ambiente.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Siga-nos no Instagram: @rdauroraguapore

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários