Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Vida
10:00:00
 
 

Resíduos eletrônicos são recolhidos em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Mais de 1,5 tonelada foram entregues pela comunidade na primeira ação promovida pela Secretaria do Meio Ambiente em 2016

Material entregue pela comunidade foi destinado para uma empresa especializada na descontaminação e reciclagem
Foto: Eduardo Cover Godinho

A primeira ação de recolhimento de resíduos eletrônicos (lixo eletrônico), promovida pelo Poder Público de Guaporé através da Secretaria de Meio Ambiente, bateu recorde. Mais de 1,5 tonelada de equipamentos em desuso foram entregues pelos moradores no ponto de coleta na praça Vespasiano Corrêa. Entre o material recolhido estão computadores, monitores, teclados, mouses, impressoras e pequenos aparelhos eletrônicos, além de microondas, máquinas de lavar e fogões sem condições de uso. Um número elevado de televisores antigos – aqueles de tubo de raios catódicos (CRT) muitos populares nos lares brasileiros por um bom tempo nas décadas de 70, 80 e 90 - foram encaminhados para o descarte correto.

A quantidade de lixo eletrônico surpreendeu o Secretário Gabriel Sartori, que não esperava tamanha participação dos guaporenses neste início de 2016.

“É época de férias, de muitas pessoas estarem visitando parentes, mas fiquei surpreso e percebi, juntamente com a equipe da Secretaria, que cada vez mais a população está engajada em termos um mundo cada vez mais sustentável e com menos problemas ambientais. Apesar de muitos ainda despejarem o lixo em locais impróprios, grande parte da comunidade está consciente do verdadeiro papel que deve exercer. Necessitamos de um mundo cada vez mais limpo e parte de cada um fazer com que isso torne-se realidade”.

Para o secretário, quando descartados de maneira incorreta, os eletrônicos podem trazer muitos riscos, pois contêm metais tóxicos, que podem causar doenças. Esses materiais podem também gerar um ciclo de contaminação do solo e do lençol freático, chegando ao consumidor final pela água. Por isso é de fundamental importância a comunidade colaborar e dar a destinação correta dos equipamentos quando a Secretaria do Meio Ambiente efetua as campanhas de recolhimento.

“A intenção é efetuar novas atividades como esta ao longo de 2016. A cada recolhimento de lixo eletrônico temos percebido uma excelente participação da comunidade. As constantes inovações tecnológicas fizeram com que o consumo aumentasse significativamente nos últimos anos. Cabe a nós, proporcionar que as pessoas tenham um lugar específico e adequado para se desfazerem dos equipamentos obsoletos, que estão somente ocupando espaço no seu lar ou ambiente de trabalho”, disse Gabriel.

O material descartado pelos guaporenses foi recolhido por uma empresa especializada na descontaminação e reciclagem destes equipamentos.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários