Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Distanciamento Controlado: Serra Gaúcha é mantida na bandeira laranja

por Eduardo Cover Godinho

Governo do Estado considerou dados apresentados pelos 49 municípios que compõem a região

Foto: Ilustração

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul (Gov/RS), através de uma transmissão online comandada pelo governador Eduardo Leite, reconsiderou o pedido dos 49 municípios da Serra Gaúcha para a permanência no modelo de Distanciamento Controlado da bandeira laranja. A região, assim como outras oito, havia sido preliminarmente classificada com a bandeira vermelha, considerando-a como de alto risco para o contágio do novo coronavírus (Covid-19). O anúncio, com reconsideração para as regiões de Erechim e Palmeira das Missões, aconteceu na tarde da segunda-feira, dia 29 de junho, por volta das 17h.

A manutenção do risco epidemiológico médio (bandeira laranja) era esperada pelos gestores dos Poderes Públicos, visto as inconsistências encontradas entre os dados apresentados pelo Governo Gaúcho e as análises compiladas pela equipe do Observatório Regional de Saúde (Obsaúde), composta por técnicos do Laboratório de Bioinformática e Biologia da Universidade de Caxias do Sul (UCS). O presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amense), prefeito de Cotiporã José Carlos Breda, afirma que o retorno só foi possível graças ao esforço de muitas entidades, profissionais e autoridades municipais.

“Vamos continuar cuidando da saúde, em primeiro lugar, e permitindo que a atividade econômica não feche. Essa é uma responsabilidade de todos”, destacou.

Entre as divergências, salientou Breda, estavam as hospitalizações, leitos clínicos, internados por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e óbitos. Números de leitos de UTI ocupados e de vagas disponíveis estavam de acordo. Novos leitos clínicos serão disponibilizados ao longo desta semana.

O prefeito de Guaporé Valdir Fabris, 2º vice-presidente da Amense, destacou que, apesar da manutenção na bandeira laranja, a comunidade guaporense deve respeitar as normativas sanitárias e de saúde, como a higienização dos ambientes e das mãos (álcool gel), usar obrigatoriamente máscara em locais públicos e privados, evitar aglomerações e cuidar o distanciamento social, para que os números de casos confirmados da Covid-19 possam ser gradativamente reduzidos.

“Não queremos que o comércio feche ou que as indústrias e serviços sejam prejudicados. A saúde e a economia devem andar lado a lado, mas para que isso ocorra, é fundamental que todos estejam em sintonia. Pedimos encarecidamente ao povo que respeite as regras. Precisamos que os munícipes estejam comprometidos com a saúde. Se todos observarem as normativas, vamos vencer essa batalha”.

As restrições da bandeira laranja terão vigência até o dia 6 de julho. Nesta terça-feira, dia 30 de junho, o Poder Público publicará mais um decreto com novas restrições.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários