Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Administração Municipal presente na reunião setorial da Zona Franca da Uva e do Vinho

por Eduardo Cover Godinho

Prefeito Valdir Carlos Fabris e Secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Odacir Toldi, estiveram no encontro que aconteceu no Centro de Eventos do SPA do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola

Estimular o consumo dentro do mercado interno de vinhos, sucos de uva e espumantes produzidos no território nacional. É com essa proposta que o prefeito Valdir Carlos Fabris e o secretário de Turismo, Cultura e Esporte Odacir Toldi, estiveram participando da reunião setorial e visita técnica de parlamentares responsáveis pelo projeto de Lei 1.378/2009, da Zona Franca da Uva e do Vinho. O encontro, que contou com secretário estadual de Turismo, Ronaldo Santini, o autor do projeto, deputado federal Carlos Gomes (Republicanos/RS), e o ex-deputado João Derly, autor inicial do PL, aconteceu no Centro de Eventos do SPA do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola, em Bento Gonçalves.

O projeto, que tramita no Congresso Nacional, prevê a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição ao Financiamento da Seguridade Social (COFINS) para produtos de fabricação nacional que sejam comercializados dentro da Zona Franca. A expectativa é que o texto tenha aprovação final ainda em 2021. Posteriormente seguirá para o Senado e, se houver aprovação, para sanção presidencial.

Toldi acredita que o projeto, assim que passar pelos trâmites burocráticos, aumentará o consumo das bebidas produzidas com excelência em várias regiões do Brasil, especialmente na Serra Gaúcha, consequentemente, fomentará a economia.

“O que o projeto busca é retirar a carga tributária do vinho, suco de uva e espumante produzido no Brasil. É importante essa mobilização para que tenhamos esses produtos sendo comercializados em maior volume, o que fomentaria a economia e possibilitaria o surgimento de novas vinícolas. Nós, desde 2018, estamos ao lado do projeto de criação da Zona Franca da Uva e do Vinho e somos parceiros dos agricultores e empreendedores do setor”, disse.

Para o prefeito Fabris, é fundamental que o Governo Federal estimule a economia interna.

“Acreditamos que a União, assim como os 30 municípios que fazem parte do projeto para a zona franca, esteja empenhada para que possamos estimular o consumo de vinhos, sucos de uva e espumantes produzidos aqui. Faz girar a economia, gera empregos e proporciona desenvolvimento para todos”, destacou.

O projeto para a criação da Zona Franca da Uva e do Vinho conta com 30 municípios participantes. São eles: Bagé, Bento Gonçalves, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Antônio Prado, Boa Vista do Sul, Canela, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Coronel Pilar, Cotiporã, Dom Pedrito, Encruzilhada do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Gramado, Guaporé, Ipê, Nova Pádua, Nova Petrópolis, Nova Prata, Nova Roma do Sul, Pinto Bandeira, Salvador do Sul, Santa Tereza, Santana do Livramento, São Marcos, São Valentim do Sul, Veranópolis e Vila Flores.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais