Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Cerca de 30 famílias estão sem energia há quatro dias na zona rural de Muçum

por Eduardo Cover Godinho

Rede, conforme os produtores rurais, é precária. Eles estão utilizando geradores movidos a diesel para evitar maiores prejuízos

Calor com sensação térmica que ultrapassa os 40 graus. Falta de chuvas que causam estiagem, escassez hídrica, quebra de safra das mais diversas culturas e problemas na criança/produção dos animais. Não bastasse, famílias de produtores rurais que moram em Muçum, proximidades da divisa com São Valentim do Sul, estão sem energia elétrica desde o último sábado, 15 de janeiro de 2022. A denúncia do descaso por parte da RGE vem de um dos moradores, que contabiliza os prejuízos e apresenta o número de chamadas e protocolos feitos à concessionária Rio Grande Energia (RGE), desde o temporal que rompeu um fio de luz, derrubando uma chave do transformador, na Linha 20 de Setembro.

A situação, segundo Jean Carlos Eitelven, é desesperadora e não há, por parte da concessionária, nenhuma informação precisa de quando haverá a manutenção. Conforme o produtor rural, 43 protocolos no número 0800.970.0900 foram abertos solicitando o restabelecimento da energia.

“É lamentável o descaso que a RGE Sul, antiga AESul, está tendo com os moradores. São 30 famílias que estão enfrentando muitas dificuldades. Dependemos de geradores a diesel para o mínimo, ou seja, resfriar aos produtos alimentícios dentro de casa. Não há como manter sempre ligado. O combustível é caríssimo e não tem como ficar gastando toda hora sabendo que é só consertar um fio. Buscamos uma solução urgente para o problema”, disse.

Segundo Eitelven, a rede de energia não apresenta boas condições há anos.

“A rede é precária. Não dão manutenção e os fios e postes estão em meio às árvores. Com o forte vento do sábado um galho acabou atingindo e provocou todo esse transtorno. Não é de hoje que sofremos com a falta de energia em virtude das condições da rede. Precisamos de um reforço”.

A comunidade, que tem como base a produção das culturas do milho, soja, além do confinamento de suínos, aviários e a cadeia produtiva de leite, fica a cerca de sete quilômetros de São Valentim do Sul e quase 22 de Muçum.

RGE

A reportagem procurou a assessoria de imprensa da Rio Grande Energia para esclarecimentos a cerca do fato, porém, não obteve respostas até o momento.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários