Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Mais de 100 projetos foram analisados pelos vereadores de Guaporé em 2021

por Eduardo Cover Godinho

Representantes do povo aprovaram 82 de Lei e sete de Lei Legislativa em 49 sessões ordinárias e extraordinárias

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Vereadores, de Guaporé, realizou ao longo de 2021, no primeiro ano da Gestão 2021/2024, 51 sessões e apreciou mais de 100 projetos. No encerramento do ano legislativo, presidido por Valcir Antônio Fanton (PP), o Pita, um relatório com as atividades entre os dias 1º de janeiro e 31 de dezembro, assim como determina o Regimento Interno da Casa do Povo, foi apresentado aos parlamentares e à comunidade. No documento, constam todas as ações efetuadas que vão ao encontro das melhorias de condições de vida para a população e para o próprio trabalho dos legisladores.

O relatório aponta que o Poder Executivo encaminhou para análise dos vereadores 89 projetos e, deste total, 82 foram aprovados em 48 sessões ordinárias e uma extraordinária. Cinco foram retirados pela Administração Municipal e dois rejeitados ao serem colocados para apreciação no plenário Roberto Baldasso. Os representantes do povo também apresentaram 10 projetos de Lei Legislativa – aprovados sete e dois vetados, 14 moções e oito decretos. Durante os trabalhos, foram encaminhadas 171 portarias e emitidos 102 ofícios. Houve ainda a apresentação de cerca de 25 projetos sugestão.

“Tivemos um ano de muitas atividades. Salientamos o diálogo entre todos os vereadores e funcionários como o ponto principal para o bom andamento das ações do Poder Legislativo. Apesar dos embates dentro do plenário Roberto Baldasso, o que é normal quando se busca construir uma democracia, tudo o que nos propormos a realizar nós conseguimos”, disse Pita.

Para o andamento pleno das atividades no Poder Legislativo, a Mesa Diretora investiu na aquisição de materiais de consumo e renovou contratos para a manutenção da página eletrônica, serviços de assessoria com o IGAM, empresas para gravações em vídeo/transmissões ao vivo das sessões plenárias, entre outros.

“São ações de praxe que oportunizam o bom funcionamento dos trabalhos dos funcionários, dos vereadores e beneficiam a própria comunidade”, salientou.

Duas sessões solenes, que prestaram homenagens ao empresário do ramo de beleza Ampélio Zanchin e ao artista sacro Cristiano Fabris, foram realizadas pelos vereadores. Representantes de entidades assistenciais e tradicionalistas, órgãos de segurança, associações esportivas e pessoas que fazem parte da história ou estão contribuindo com a construção de Guaporé foram agraciadas ao longo das sessões legislativas.

“Nada mais justo que, na Casa do Povo, nós homenagearmos quem está ajudando a desenvolver Guaporé”, concluiu Pita que, em seu último ato no Poder Legislativo, encaminhou pedido de licença para que o vereador Moustafh Roberto Sari Mahmud Muhammad, o Pato (PP), assuma a presidência da Casa no ano de 2022.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários