Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Moradores cobram “quebra-molas” na Avenida Silvio Sanson em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Cartaz com pedido foi colocado no canteiro central da principal via da cidade nas proximidades da Delegacia de Polícia (DP)

Placa, escrita a mão, busca melhoria no trânsito na principal e mais movimentada via urbana da cidade
Foto: Divulgação

Não foi a primeira e não será a última que moradores da Avenida Silvio Sanson, proximidades da Delegacia de Polícia (DP), de Guaporé, cobram melhorias do Poder Público Municipal quanto à colocação de “quebra-molas” na principal via urbana para diminuir a velocidade dos veículos que diariamente trafegam pelo local. A placa escrita a mão e colocada no canteiro central em um cavalete de madeira destaca: “queremos um quebra-molas aqui”. A reivindicação, que há tempos ganhou apoio da comunidade, mas passou sem que houvesse melhorias na sinalização viária pelo Departamento de Trânsito, ganhou evidência com a tragédia registrada a poucos metros dali. A jovem Daiana Cestari, 20 anos, perdeu a vida em mais um acidente na principal artéria viária do município.

O pedido, que vem sendo reforçado por lideranças da comunidade, é para que a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito, através do setor competente, efetue um estudo para a colocação de faixas elevadas de segurança – que substituem os ultrapassados “quebra-molas” - ao longo da Silvio Sanson, em especial no trecho entre o Grêmio Bochófilo Gaúcho e o Autódromo Internacional Nelson Luiz Barro. Os moradores da localidade afirmam que há tempos alertam as autoridades e a Brigada Militar (BM) para a velocidade empreendida por alguns condutores de veículos, principalmente caminhoneiros que cruzam a madrugada muito acima do permitido.

“Cansamos de avisar e alertar o Poder Público e a BM. Não sabemos mais o que fazer. Nos resta é torcer para que não ocorram mais tragédias no trânsito. O acidente com a jovem, infelizmente fatal, não foi o primeiro e não será o último se alguma providência não for tomada. O único jeito de fazer com que haja redução de velocidade é instalar os quebra-molas. Educar os motoristas, pelo que percebemos, não tem adiantando”, disse Ivo Vian, proprietário de um estabelecimento comercial e um dos maiores incentivadores para mudanças naquele trecho da Avenida Silvio Sanson.

Além de Vian, a rede de pedidos para a instalação de faixas elevadas de segurança se multiplicou em Guaporé. Vereadores cobram há tempos a colocação nas proximidades dos educandários e a reivindicação, através de requerimento escrito, foi reforçada no mês de março pelo progressista Moustafh Roberto Sari M. Muhammad, o Pato. Três são as faixas elevadas instaladas pelo Poder Público na gestão 2012/2016. Todas mostraram-se eficientes e a diminuição dos acidentes foi registrada pelo órgão de segurança competente.

 

Antiga sinalização

A última grande mudança viária na Avenida Silvio Sanson aconteceu na gestão 2009/2012 quando o Município era liderado pelo ex-prefeito Antônio Carlos Spiller. Na oportunidade, um estudo com a empresa ACT – Trânsito Ltda, especializada em sinalização viária, foi efetuado e as modificações foram aprovadas pela comunidade em reuniões que aconteceram na Casa da Cultura. Centralizadores de velocidade, sinaleiras quatro tempos, placas indicativas e pinturas horizontais deram uma cara nova e disciplinaram a trafegabilidade de veículos.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais