Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Rede de fortalecimento e comunicação feminina é criada através do @coisamaislindamc

por Eduardo Cover Godinho

Perfil onde as mulheres se encontrem para sentirem-se à vontade com seus sonhos, anseios, intuições, medos e receios

Foto: Divulgação

Um perfil onde as mulheres se encontrem para sentirem-se à vontade com seus sonhos, anseios, intuições, medos e receios. Idealizado por Fernanda Grando, com embaixadoras das mais diversas áreas de atuação, o Coisa Mais Linda-Mulheres Conectadas surge como um canal de comunicação, empreendorismo e fortalecimento das mulheres em tempos de pandemia, e no mundo que surge pós-coronavírus, que deixa todas as pessoas conectadas e dependendo da internet para trabalho, interação social e estudos.
Fernanda tem 36 anos e explica como nasceu o projeto. “Eu adoro conversar e falo muito! Muito mesmo! Adoro escrever também! Sempre acreditei que quando somos bons para o mundo o mundo retribui em dobro. Acredito que se a gente tiver a oportunidade de deixar o dia de alguém melhor, por que não fazer? Sempre acreditei que quando a gente tem família e amigos ao nosso lado, somos capazes de superar tudo. Tudo mesmo. O Coisa Mais Linda surgiu no meu coração com este propósito:
Para termos onde encontrar uma palavra amiga! Para encontrar histórias verdadeiras...pra gente parar de achar que a vida do outro é melhor que a nossa! Este projeto é para conectar pessoas. Mulheres principalmente, que na maioria das vezes subestimam suas qualidades e capacidades! Mulheres que na maioria das vezes aceitam menos do que elas merecem”.
Para acompanhar as postagens, depoimentos e histórias de vida de muitas mulheres guaporenses, basta seguir no Instagram @coisamaislindamc e também participar das lives semanais, sempre às quartas-feiras, às 19h, com convidadas incríveis. A próxima pode ser você. “Nós merecemos muito! Mas principalmente, merecemos nos olhar com mais respeito e amor”, finaliza Fernanda.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários