Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Vigilância Sanitária alerta para restrições definidas pelo Governo do RS

por Eduardo Cover Godinho

Atendimento presencial fica totalmente proibido em comércio não-essencial. Sistema de tele-atendimento e tele-entrega devem ser adotados pelos estabelecimentos

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através de Decreto Nº 55.783 publicado na segunda-feira, 08, efetua modificações em Decreto nº 55.771 de 26 de fevereiro de 2021, restringindo ainda mais o funcionamento do comércio considerado não-essencial devido ao agravamento da pandemia de Covid-19. As alterações passaram a valer a partir da terça-feira, dia 09 de março.

O governador Eduardo Leite determinou que: o atendimento ao público, em qualquer horário, pelos estabelecimentos comerciais, de atacado ou varejo, será limitado à modalidade de tele-entrega, ressalvados, exclusivamente os mercados, supermercados e hipermercados, observada a vedação de exposição/venda de produtos não essenciais.

Restaurantes, bares, lanchonetes e sorveterias podem atuar por meio de tele-entrega, drive-thru e pague-leve, vedada a abertura para atendimento direto ao público. Comércio classificado como não-essencial só poderá trabalhar através de tele-atendimento e tele-entrega, sem nenhum atendimento presencial, fica proibido o sistema pegue e leve e drive-thru para o segmento. Diante disso, mesmo com datas comemorativas como Páscoa se aproximando, livrarias, lojas de chocolate e floriculturas também não poderão oferecer atendimento ao público, somente com tele-entregas.

O novo decreto, em medidas segmentadas referentes à Bandeira Preta no Modelo de Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul também enfatiza a suspensão do sistema de cogestão, sem a possibilidade de os municípios estabelecerem medidas sanitárias que substituam as definições do Estado.

A Vigilância Sanitária de Guaporé alerta a população para o cumprimento das medidas impostas pelo Governo Estadual para que o agravamento da situação possa ser contido e as atividades possam voltar a funcionar.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais