Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Mês da Mulher: guaporenses contribuem com o projeto nacional “Abrace o Marajó”

por André Fabio Bresolin

Patrícia Lanzoni foi o elo entre o Governo Federal, Grupo Virada Feminina e Guaporé

Patrícia e Neura participaram de um chá da tarde, no Palácio da Alvorada, no dia 04, promovido por Michelle Bolsonaro
Foto: Divulgação

Um lindo trabalho nacional ganha ainda mais força com a colaboração de mulheres guaporenses que fazem a diferença na construção de um mundo com mais justiça, respeito e igualdade.
O Grupo de Mulheres “Virada Feminina” tem como Presidente a gaúcha de Santa Maria, Marta Livia Suplicy, é supra partidário e tem como lema “Saindo da Discussão e partindo para a Ação- Todas em prol do Empoderamento Feminino em sororidade”.

Sabedora do belo trabalho realizado pelo grupo, a Ministra Damares Alves convidou as participantes a integrarem o projeto “ Abrace o Marajó” contra a Exploração Sexual Infantil na Ilha do Marajó, dentre muitas outras atrocidades como pedofilia, tráfico de mulheres, tráfico sexual de crianças, estupro, tráfico de órgãos, incestos, abuso sexual, entre outros crimes principalmente com as crianças, adolescentes, mulheres e até idosos.

Muitas ações estão sendo voltadas às pessoas em vulnerabilidade da Ilha, no sentido da proteção, educação, melhores condições e combate aos crimes praticados. Neste sentido, a guaporense Patrícia Lanzoni foi o elo de ligação entre o Governo Federal, Grupo Virada Feminina e Guaporé. “Por sermos muito amigas eu e a Marta e por ela saber que Guaporé é um dos principais Polos de Moda Íntima do Brasil pediu ajuda para eu convidar uma marca que estivesse disposta a investir lá com uma fábrica para gerar emprego e independência financeira para aquelas mulheres poderem ter mais dignidade, liberdade e respeito. Para terem força de enfrentar tantas dificuldades” explica Patrícia.

Neste momento engajou-se no projeto a empresa Essencial Lingeries, da empresária e empreendedora Neura Trevisol Gomes. “Por ela ser uma mulher guerreira, onde tudo o que construiu foi com muita luta e trabalho, prontamente ela também se uniu a esse projeto lindo, vendo a possibilidade de expandir negócios e ajudar nossa causa”, explica.

As tratativas iniciaram em 2019 e no último dia 3 de março, em Brasília, aconteceu o Lançamento Oficial do Programa “Abrace o Marajó”. A solenidade contou com a presença, além da Ministra, do presidente Jair Bolsonaro e primeira Dama Michelle.
Patrícia e Neura participaram de um chá da tarde, no Palácio da Alvorada no dia 04 para esposas dos prefeitos e prefeitas das cidades do Marajó, promovido por Michelle Bolsonaro.

“Só tenho a dizer que foi muito emocionante e principalmente estou muito feliz por poder levar Guaporé a participar desse Programa. E como a Neura aceitou esse desafio também gostaria de deixar em aberto a participação de outras marcas da nossa cidade a ajudarem nesse projeto. Me sinto honrada em poder ajudar, mesmo que seja pouco, na melhora do nosso Brasil e principalmente em lugares esquecidos como a Ilha do Marajó, que apesar de tudo isso é um dos lugares mais lindos do Brasil e que poucos conhecem. Logo mais teremos uma comitiva organizada pela Ministra juntamente com a Virada Feminina e a Michelle Bolsonaro, para visitarmos a ilha”, conta Patrícia .

Neura, por sua vez, diz estar honrada em fazer parte deste projeto voltado às mulheres, à independência feminina e ao respeito. “Juntas somos mais fortes”, diz a empresária.

Central de Conteúdo Rádio Aurora/Rede Scalabriniana de Comunicação

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários