Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
18:00:00
Encontro Certo
19:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Guilherme Bastian é eleito o mais premiado fotógrafo de casamentos da Inspiration na categoria Coleções

Baixar Áudio por Eduardo Cover Godinho

Fotógrafo guaporense já acumula quatorze conquistas na categoria Coleções, onde são avaliadas histórias completas e não apenas fotos unitárias

De uma família de fotógrafos, Guilherme Bastian, filho mais velho de Adalberto João Bastian e Geneci Bastian, cresceu em meio ao estúdio de fotografia da família e esse ambiente sempre lhe foi muito natural. O jovem iniciou sua carreira no mundo da fotografia ajudando no negócio da família, exercendo funções em todos os setores.

Com o tempo, passou a acompanhar o pai nos eventos, criar as suas próprias fotografias e trazer para os seus registros uma verdade muito própria. Sua autenticidade passou então a ser reconhecida por noivos e, consequentemente, por jurados de concursos.

“É um motivo de muito orgulho. Eu tenho a fotografia no sangue, meu pai começou com isso há muito tempo. O Estúdio tem 27 anos já. Eu sempre fui lidando com tudo isso, passei por todas as fases possíveis e com o passar do tempo fui encontrando a minha forma de fotografar, uma veia mais genuína”, diz.

Guilherme que já teve inúmeras fotografias premiadas, também começou a ser reconhecido por seus trabalhos completos, por álbuns. A Inspiration Photographers, por exemplo, é uma espécie de associação e plataforma online de fotógrafos de todo o mundo, nela novos talentos são descobertos, ganhando maior visibilidade e atingindo clientes em potencial.

A Inspiration também reconhece e premia os profissionais por seus trabalhos, nas mais diversas categorias divididas basicamente em registros de casamentos, famílias, retratos e filmes. Dentre essas classificações, existe a de Coleções onde são avaliadas histórias completas, com início, meio e fim. Guilherme Bastian já teve 14 trabalhos premiados nesta categoria, um dos últimos, foi o casamento de Fernanda e Franciel Cavasin, moradores de Guaporé e que casaram no último final de semana antes das medidas de enfrentamento à pandemia iniciarem por todo país, foi a última grande festa antes da Covid-19.

Com esse somatório de conquistas, Guilherme se tornou o fotógrafo de casamentos do mundo mais premiado na categoria Coleções da Inspiration. Este é um título momentâneo, pois como explica Bastian, conforme outros fotógrafos vão sendo premiados, se algum deles ultrapassar seu número de premiações, será no novo Top 1.

“O porquê de toda minha alegria, vou explicar. Ao contrário de outras premiações onde são avaliadas fotos soltas, essa é a forma onde é avaliada a história. Isso é importante para mim porque tem consistência e tem um contexto”, explica Bastian. Ele também faz uma associação dessa conquista com uma tendência da sociedade atual: “Hoje as pessoas acabam perdendo o interesse de falar sobre o contexto, de construir uma tese com início, meio e fim. Estão sempre mais preocupadas em ‘lacrar’, em ter uma frase, um momento de impacto e assim também é com a fotografia. Porém eu não estou muito preocupado em fazer apenas uma ou duas fotos de impacto, mas pelo contrário, eu prefiro construir histórias completas”.

Fotógrafos na pandemia

O ramo de fotografia, especialmente, fotografia de eventos, assim como muitos outros setores foi diretamente afetado com a pandemia. Guilherme diz que seu trabalho, basicamente, depende da chamada aglomeração, esta que hoje é suspensa devido ao controle de disseminação do vírus.

Ele que estava sempre com a agenda repleta de casamentos e também de cursos e palestras, hoje, se reinventa. “Esse passar do tempo, fez com que nós nos reavaliássemos em vários âmbitos. No setor financeiro, especialmente, houve uma programação. Também com relação a nicho. Antes, tínhamos muito mais conforto em ser muito mais ‘nichado’ e dizer que sim somente para certos trabalhos. Hoje nos obrigamos a fazer com que a roda gire e acabar fazendo outros trabalhos mais internos”, comenta.

Guilherme diz que a boa notícia de toda essa situação é que tanto o mercado de serviços, de indústria e de comércio, percebeu que existe a necessidade de terem boas fotografias para suas redes sociais, para divulgação. Dessa forma, acabou aceitando trabalhos que normalmente não faria.

Para além de seus clientes “noivos” também existe outro segmento que atua fortemente, onde presta uma consultoria, palestras e cursos para outros fotógrafos. Assim, sem a realização dos eventos presenciais, produz conteúdos para ajudar colegas a crescerem e melhorarem seus trabalhos.

Bastian também vê outro ponto positivo em toda essa pandemia: a valorização das pessoas. Hoje, nos poucos eventos que acontecem, com número limitado de pessoas, aqueles que se fazem presentes são, de fato, importantes e especiais. Ele conta que há pouco fotografou uma festa de 15 anos em Garibaldi, nela, havia 27 convidados, mas para Guilherme, a emoção foi ainda maior do que eventos com mais de 300 convidados, como era habituado a registrar, “porque agora há muito mais valorização do momento, mais afeto, mais sentimento”.

“Fotografar um abraço em 2021 é muito mais significativo do que fotografar um abraço em 2019. Isso é muito legal, eu passei a reavaliar isso também, os momentos mais simples, as fotos mais simples são as que a gente provavelmente mais vai ter saudade depois que elas vierem a acontecer”, conclui Guilherme.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais