Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Guaporense sagra-se campeão da Série B no “Velho Continente”

por Eduardo Cover Godinho

Defendendo as cores do ASD Sporting Sala Consilina, Fagner Gallon, 30 anos, conquistou seu quarto acesso para a Série A2 do Campeonato Italiano

Nas arquibancadas do ginásio do Potenza C5, região da Basilicata na Itália, a esposa do goleiro do ASD Sporting Sala Consilina, Fagner Gallon, 30 anos, Katherine Kist estava eufórica. Em Guaporé, a quilômetros e mais quilômetros de distância, a família apresentava nervosismo ao olhar na tela do notebook a partida derradeira do Campeonato Italiano – Série B/Girone F. A conquista de mais um título no “Velho Continente” passava, em especial, pelas mãos do arqueiro criado nas categorias de base da Agremiação Guaporense de Esportes (AGE). E ele, como esperado, ao lado dos companheiros de equipe não decepcionou e arrancou gritos de “É campeão” do outro lado do oceano Atlântico e dentro da praça esportiva na cidade de Potenza.

O ASD Sporting Sala Consilina, em mais um resultado incontestável, faturou o troféu de campeão da competição e, de quebra, conquistou o acesso para a Série A2, a Divisão de Acesso do Futsal Italiano. A campanha, com 24 partidas disputadas, destacou-se pelas 21 vitórias. Registra-se ainda um empate e apenas duas derrotas. O sistema defensivo, sob guarda de Fagner, sofreu 54 gols, média de 2,25 por partida. O ataque anotou 190 vezes, ou seja, a cada partida a rede adversária balançou quase oito vezes em média.

Fagner, que na temporada 2019/2020 havia chego à cidade de Sala Consilina, na região da Campânia – província de Salerno, levantou o terceiro caneco principal com o selecionado. O goleiro afirmou que o objetivo traçado pela diretoria foi alcançado.

“Feliz por mais uma conquista e pela forma como foi. Com uma campanha irretocável, sem desmerecer os adversários e com muito trabalho dentro das quatro linhas. A meta era subir mais um degrau no Campeonato Italiano e, com um excelente trabalho realizado por todos, conseguimos o título e o acesso. Agradeço o carinho da diretoria, da comissão técnica, dos jogadores e, em especial, dos torcedores que sempre nos apoiaram”, disse o goleiro campeão.

Fagner, longe da família desde agosto de 2020, agradeceu as mensagens de apoio recebidas pela mãe Silvane, pai Paulo e irmão Marcos Paulo, bem como dos amigos que torceram ao longo dos nove meses de disputa do certame

“Importante demais o carinho recebido de todos. Não é fácil ficar longe, mas todo o sacrifício valeu a pena. Essa conquista do título do Italiano Série B é para a minha família e àqueles que torceram por mim. Agradeço, em especial, a minha esposa Katherine que está ao meu lado em todos os momentos, sejam eles bons ou ruins e nunca deixou de me apoiar e incentivar”, destacou.

Fagner lamenta apenas, ao longo da temporada, a desclassificação na Copa Itália. O time foi eliminado pelo Benevento por 2x1 quando faltavam 33 segundos para o fim. O empate, segundo o goleiro, era favorável ao ASD Sporting Sala Consilina.

“Infelizmente caímos fora da disputa da Copa Itália, que será realizada de 30 de abril a 2 de maio. O duelo contra o Benevento aconteceria em novembro, mas, em virtude da pandemia da Covid-19, jogaram para o mês de fevereiro. Entramos em quadra com muitos desfalques (jogadores machucados) e acabamos eliminados em casa. Enfim, vida que segue e o objetivo maior que era o acesso para a Série A2 foi conquistado”, afirmou o guaporense.

Sem futuro 100% definido, o arqueiro campeão espera renovar o contrato com a ASD Sporting Sala Consilina para a disputa da temporada 2021/2022.

“Aceitei o projeto para disputar a Série C1 e consegui, ao lado deste fantástico grupo, sagrar-me campeão e colocar o time na Série B. Na oportunidade também faturamos a Copa Itália Regional C1 da C1. Nesta temporada, em mais uma jornada vitoriosa ganhamos conquistamos o título e o acesso à A2. Objetivo alcançado. Espero dar sequência no Sala Consilina e ajudar a colocar o time na elite do futsal italiano (Série A)”, disse o guaporense.

Além de ajudar Sala Consilina a conquistar dois acessos, Fagner colaborou em campanhas vitoriosas da B para a Série A2 com os times do Aesernia C5 2012/2013, Isernia C5 2016/2017 e Traforo C5 2018/2019. Com o Acqua e Sapone C5 2009/2010, o guaporense contribuiu com o acesso da A2 para elite do salonismo no país da “Bota”.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais