Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

ASF: “Todos querem vencer. Porém, os amistosos servem para analisar os jogadores individualmente e coletivamente”, afirma técnico Maguila

por Eduardo Cover Godinho

Comandante da “Squadra Azurra”, de Serafina Corrêa, salienta que grupo segue focado na preparação para o Gauchão de Futsal Série B

Não foi o resultado que o torcedor, que infelizmente não pôde fazer “pulsar” o ginásio Irceu Antônio Gasperin em Serafina Corrêa, gostaria de ter visto ao término dos 40 minutos de bola rolando. Porém, na avaliação da comissão técnica, comandada pelo treinador Leandro Rosa Borges, o popular “Maguila”, a partida da Associação Serafinense de Futsal (ASF) diante da Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF) não foi de todo ruim. Apesar do placar elástico (7x2), construído principalmente na segunda etapa pela “Laranja Mecânica”, Maguila conseguiu analisar o desempenho do grupo de jogadores de forma individual e coletivamente.

“Todos querem vencer. Porém, os amistosos servem para analisar os jogadores individualmente e coletivamente. Servem também para preparar o grupo, não somente pelo resultado. O placar final, neste contexto, é o que menos interessa. Importante é que conseguimos mapear os erros, o que tentamos colocar em prática mas não deu certo e assim, com muito treinamento e focados no trabalho, nós vamos corrigindo”, afirmou Maguila.

No primeiro tempo, apesar das chances criadas com Kaju, Lucas Peres, Dickson e Frumi, a ASF viu os garotos do Sub-20 anotarem três gols, sendo um deles com menos de dois minutos de bola rolando. Na etapa final, apesar da reação, os donos da casa não conseguiram impor seu ritmo de jogo e sofreram mais quatro gols. Dickson anotou os dois gols da “Squadra Azurra” no tempo complementar.

“Pegamos uma turma muito veloz e que soube explorar nossos erros. Tivemos muitos passes errados, saídas de bola sem padrão e não conseguimos finalizar no gol da ACBF com perfeição. Quando chegamos, tivemos a infelicidade de pegar os goleiros em noite inspirada”, destacou.

Maguila disse que o planejamento, neste momento, não irá mudar. O selecionado da ASF segue treinando forte três vezes ao longo da semana, porém, a direção e a comissão técnica estão de olho no mercado.

“Qualquer elenco está em movimento, tanto para saídas, quanto para chegada de atletas. Porém, devemos entender que o esporte não é um BBB que numa semana está com um grupo e na outra não tem todos. O trabalho tem que ter um sentido, sempre corrigindo o que for necessário. É importante sempre procurar a evolução do grupo e de cada atleta para que, com o mapeamento e a execução das atividades, possamos comemorar as vitórias lá na frente quando a bola rolar no Gauchão de Futsal Série B”.

A ASF prossegue com a preparação com mais três amistosos. O time enfrentará, ainda sem data marcada, o CRCM (Montauri) e a Associação Marauense de Futsal (AMF). Os adversários irão disputar a Taça RBS TV (Passo Fundo) e o Gauchão de Futsal Série A, respectivamente.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais