Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Em amistosos de luxo,​ ASF intensifica preparação para o Gauchão de Futsal Série B

por Eduardo Cover Godinho

Serafinenses jogaram contra o Guarany Futsal (Espumoso), Passo Fundo Futsal (Passo Fundo) e enfrentarão a ACBF (Carlos Barbosa). Todas disputam a elite do salonismo do Estado

A Associação Serafinense de Futsal (ASF), de Serafina Corrêa, foi a primeira equipe, que disputará a Divisão de Acesso do salonismo no Rio Grande do Sul – o Gauchão de Futsal Série B, a iniciar os preparativos dentro das quatro linhas. Ainda em janeiro, parte do selecionado, comandado pelo técnico Leandro Rosa Borges, o popular Maguila, se apresentou e começou os treinamentos físicos, táticos e técnicos dentro das quatro linhas. Os trabalhos, em virtude das restrições impostas para o combate à pandemia do coronavírus (Covid-19), foram interrompidos por cerca de 40 dias.

A retomada, já com a presença de todo o grupo de jogadores – incluindo os que desembarcaram de outros Estados, aconteceu na primeira quinzena de abril e o professor Maguila conseguiu intensificar as atividades na quadra do Ginásio Municipal Irceu Antônio Gasparin. A antecipação dos trabalhos possibilitou que os atletas pudessem encarar, em partidas amistosas ou jogos-treinos, times de ponta no salonismo gaúcho.

Foram duas partidas longe da “Cidade Simpatia”. O primeiro duelo contra o Guarany Futsal (Espumoso) e o mais recente diante do Passo Fundo Futsal (Passo Fundo). Nos dois confrontos, saldo negativo. O time sofreu nove gols e marcou dois (5x1 e 4x1, respectivamente), ambos com o atleta Kaju.

“Tirando as equipes que disputam a Liga Nacional (Atlântico, ACBF e Assoeva) enfrentamos duas potências do futsal gaúcho. Podemos dizer que foram amistosos produtivos. A ASF desenvolveu o que treinamos ao longo da semana. Exercemos bem a parte tática, mas sofremos muito no quesito físico. Os adversários treinam duas a três vezes por dia e nós, em alguns momentos, sentimos a falta de força e potência, o que nos tirou do ritmo do jogo”, disse Maguila.

A avaliação, segundo o treinador, foi extremamente positiva e os placares não condizem com a realidade dentro das quatro linhas.

“Não tiramos os méritos dos adversários que, por sinal, possuem a sua grandeza no cenário gaúcho. Porém, nos dois jogos conseguimos equiparar as forças, fazendo com que os goleiros do Guarany (Leo) e do Passo Fundo (Ângelo) trabalhassem muito. Criamos oportunidades e isso demonstra a nossa qualidade de ataque e posse de bola, que é uma das características do nosso jogo. Foram partidas importantes na preparação para o Gauchão Série B”.

A ASF enfrentará na sexta-feira, dia 7 de maio, às 20h30min, a ACBF (Carlos Barbosa). O confronto está agendado para acontecer em terras serafinenses sem a presença dos torcedores.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais