Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Escola Estadual Dr. Félix Engel Filho desenvolve projeto sustentabilidade e as relações

por Eduardo Cover Godinho

Saber sobre sua formação e funcionamento também instrumentaliza a escola e os mestres na solução de conflitos nas relações

Piso da área coberta foi construído com recursos do CPM
Foto: Divulgação

A direção da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Félix Engel, durante a formação de julho, desenvolveu na comunidade escolar o projeto Sustentabilidade e as Relações. Foram várias as atividades realizadas para os integrantes da diretoria do educandário, professores, funcionários e alunos. O objetivo é adequar a pedagogia da escola às mudanças de mentalidade da sociedade atual, garantindo uma visão pedagógica democrática, que respeite e defenda uma educação relevante, no sentido de oferecer aprendizagens significativas quanto às exigências sociais e de desenvolvimento pessoal; pertinentes, no sentido de acolher a todos atendendo às necessidades dos diversos contextos sociais e culturais, com diferentes capacidades e interesses, tratando de forma diferenciada o que se apresenta como desigual no ponto de partida; equiparáveis, assegurando a todos a igualdade de direitos a educação.

“Uma educação escolar comprometida com a igualdade de acesso ao conhecimento, será uma educação com qualidade social e contribuirá para dirimir as desigualdades”, destaca o projeto.

Durante as atividades, a professora da 7ª CRE, Marli Ludwig da Costa, explanou sobre a importância da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (CIPAVE) no educandário, mediando conflitos de forma não violenta no próprio ambiente educativo. O psicanalista Gerson Mattos destacou as emoções dos educadores no tratamento das relações humanas no cotidiano escolar, que tem sido sempre motivos de análise. A palestra, com o tema “Dificuldades de Aprendizagens”, que tinha como objetivo explicar sobre a garantia da igualdade para que se possa enfrentar com sucesso as diferenças, foi ministrada pela assessoria da Neuropsicopedagoga, Vanessa Nervis de Bona. Acadêmicas de Nutrição e Educação Física, Carolina Baldissareli e Maila Bresolin, com o acompanhamento da Nutricionista Luciane Messa Urrutigaray Biasoli, falaram sobre a importância de manter uma alimentação saudável.

Dentro do hábito alimentar saudável, o Engenheiro Agrônomo, da Emater/Ascar-Guaporé, Antônio César Perin, levou ao conhecimento dos alunos o tema: agricultura e sustentabilidade. Clarissa Pasqualotto, (psicóloga) Katiussa Ceccon (Enfermeira) e o grupo do LGBT trabalharam o tema “Educação de Gênero”, uma dificuldade para os educadores que enfrentam conflitos em sala de aula. “Respeitar as diferenças é um dever de todo o cidadão consciente, humano e comprometido com a igualdade”, disseram.

Além destas atividades dentro das salas de aula, a direção da Escola Estadual Dr. Félix Engel Filho, durante o recesso escolar, efetuou a colocação do piso na área coberta. Segundo a diretora Fátima Gaspar Brum, a união de esforços garantirá um ambiente escolar educativo de qualidade. O aporte financeiro para a obra saiu dos cofres do CPM.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários