Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Cerca de 3 mil estudantes da Rede Pública Municipal retornam às atividades em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Com máscaras, álcool 70% e distanciamento social, crianças e adolescentes voltaram para as salas de aula após 11 meses

Após 11 meses longe das salas de aulas, os cerca de três mil estudantes matriculados na Rede Pública Municipal, de Guaporé, movimentaram e, principalmente, encheram de alegria as 10 Escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental. O retorno das atividades educacionais, conforme cronograma da Administração Municipal, organizado pelos profissionais da Secretaria de Educação, aconteceu na quinta-feira, dia 18 de fevereiro, cercado de todos os cuidados sanitários e de segurança preconizados pelas autoridades governamentais.

O primeiro dia de aula, destacou a secretária Veridiana Maria Tonini, foi marcado pela emoção do reencontro, ansiedade dos pais e responsáveis, repleto de expectativa e diferente dos demais. Com máscaras, os profissionais da educação, crianças e adolescentes, tinham à disposição álcool 70% para higienização das mãos e dos ambientes, bem como, mantiveram o distanciamento social. Todos os educandários foram preparados e, passaram, ao longo dos 11 meses, por melhorias na estrutura e higienizações constantes.

“É um desafio, pois nunca imaginamos passar por uma situação destas. Nos preparamos e investimos muito para que todos possam se sentir seguros no retorno. Estávamos ansiosos e entusiasmados pelo recebimento novamente dos estudantes nas salas de aula”, disse a secretária.

Neste primeiro momento, as atividades de ensino, assim como ocorreram após o mês de outubro de 2020, serão realizadas na modalidade híbrida, ou seja, haverá um revezamento dos estudantes.

“Começamos lentamente, sim, mas com cautela e muita responsabilidade o ano letivo. Seguimos todos os protocolos exigidos e, o mais importante, estamos preconizando a saúde de cada um dos nossos profissionais e dos matriculados na Rede Pública Municipal. Passamos ainda por um momento muito delicado. Estamos em meio à pandemia e, se houver a necessidade e tivermos orientações para pararmos as aulas híbridas, assim o faremos”, salientou Veridiana.

A secretária informou que nem todas as crianças e estudantes compareceram. Segundo Veridiana, é compreensível a preocupação dos pais e responsáveis.

“Compreendemos e aceitamos. As famílias que não sentem segurança em encaminhar suas crianças e adolescentes para o ambiente escolar estão no seu direito. Nós, como responsáveis pela Secretaria de Educação, continuamos trabalhando muito para que aos poucos o retorno de todos possa acontecer e a alegria se fazer presente nas escolas”.

Todos os profissionais da educação de Guaporé, conforme afirmou Veridiana, estão preparados para as atividades híbridas propostas no planejamento do ano letivo 2021 e atender, quando houver necessidade, as aulas de reforço para recuperar o que foi perdido durante o ano passado.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários