Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Administração Municipal assina a proposta de adesão junto à Associação Internacional das Cidades Educadoras

por Eduardo Cover Godinho

Guaporé fará parte de um grupo de 21 cidades no Brasil que são reconhecidas com o selo “Cidade Educadora”. Objetivo é desenvolver iniciativas que melhorem a qualidade de vida da população

A Administração Municipal oficializou, na tarde da terça-feira, dia 16 de novembro, em solenidade realizada no gabinete do prefeito Valdir Carlos Fabris, a participação e adesão à “Carta das Cidades Educadoras” da Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE). Participaram do ato, além do Chefe do Poder Executivo e o vice-prefeito Adalberto Bastian, o presidente da Câmara de Vereadores Valcir Antônio Fanton, os secretários da municipalidade e representantes das bancadas do PDT e MDB do Poder Legislativo. A proposta para tornar Guaporé uma “Cidade Educadora” partiu de um Projeto Sugestão encaminhado pela vereadora pedetista Fernanda Debona Baldin, com apoio do colega Gilson Dai Pra e dos emedebistas Ari Paesi e Jonas Agosti.

Com a assinatura, Guaporé passa a fazer parte de um seleto grupo de 21 municípios no Brasil, entre os 480 no mundo, que são reconhecidos com o selo “Cidade Educadora” e que, a partir da adesão, desafiam-se a articular espaços, pessoas e ações em torno de processos de aprendizagem que primam em atitudes e convivências que geram novos valores, conhecimentos e habilidades para o desenvolvimento integral dos munícipes. A Cidade Educadora, conforme a secretária de Educação Veridiana Maria Tonini, deverá oferecer a toda população uma formação sobre os valores e as práticas da cidadania democrática: o respeito, a tolerância, a participação, a responsabilidade e o interesse pela coisa pública, seus programas, seus bens e serviços.

“A proposta para Guaporé ser ‘Cidade Educadora’ nasceu de um desejo da comunidade. Importante deixar claro que não é um projeto do Governo Fabris e Bastian que, quando terminar a gestão, será extinto. Não! Nós, como Poder Público, estamos dando o primeiro passo e pensamos no futuro das pessoas. Temos que planejar ações e envolver a comunidade. Se todos estiverem engajados e ‘comprarem a ideia’ será algo leve e muito benéfico”, destacou Veridiana, afirmando que a continuidade do “Cidade Educadora” ficará a cargo da oficial de gabinete da Secretaria de Educação Alíssia Breda Marocco, servidora municipal concursada.

O prefeito Fabris, em seu pronunciamento antes da assinatura da proposta de adesão junto à AICE, afirmou que Guaporé, não só os Poderes Executivo e Legislativo, passa a ter uma grande responsabilidade e que, se todos atuarem conjuntamente em projetos e atividades, o futuro será cada vez melhor.

”Nosso Governo, desde janeiro de 2017, preocupou-se com o ser humano. Tomamos atitudes corajosas ao longo dos quatro primeiros anos e continuamos a tomá-las. Nos propormos a cuidar e, principalmente, valorizar as pessoas. É desta forma que pautamos todas as nossas ações. Ser uma Cidade Educadora exigirá esforços de todos nós. O Poder Público fará a sua parte e contamos com cada um de vocês para sermos reconhecidos como uma cidade plena e harmônica”, afirmou.

Guaporé, segundo os princípios da AICE, deverá promover, inspirar, fomentar e acompanhar o cumprimento da Carta das Cidades Educadoras (Declaração de Barcelona), aplicando ações práticas através de intercâmbios, encontros, projetos comuns, congressos, atividades e iniciativas que reforcem os laços entre as cidades associadas, no âmbito das delegações, Redes Territoriais, Redes Temáticas e outros agrupamentos.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais