Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Poder Público prorroga prazo para pagamento do IPTU e ISS em Guaporé

por André Fabio Bresolin

Cota única e/ou a primeira parcela foi prorrogada para pagamento no dia 10 de junho

Grando afirmou que o Poder Público, apesar das contas estarem equilibradas, passará por dificuldades
Foto: Arquivo/Rádio Aurora

A Administração Municipal, através do Comitê de Combate ao Covid-19, tem buscado colocar em prática uma série de medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus e evitar que os munícipes tenham prejuízos econômicos ao longo dos próximos dias. Até o dia 6 de abril, conforme os decretos, todos os guaporenses, fora os que fazem parte das atividades essenciais como das áreas da saúde, alimentícia, higienização, segurança, imprensa, entre outros, devem permanecer em seus lares.

Muitos munícipes estão preocupados com a situação financeira e não querem deixar de pagar ou atrasar suas contas. Como medida, em função dos impactos da pandemia, a Secretaria da Fazenda, através do secretário Celso Fernando Grando em consonância com o prefeito Valdir Carlos Fabris e vice-prefeito Adalberto Bastian, prorrogou as datas do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) – Fixo dos Contribuintes, Variável e Retino por Substituição Tributária.

A cota única (10% de desconto) e/ou a primeira parcela, que deveria ser quitada até o dia 13 de abril, foi prorrogada para pagamento no dia 10 de junho, sem acréscimos monetários.

“Estamos fazendo a nossa parte. O Governo Fabris e Bastian está sensível às dificuldades, que nunca imaginaríamos que fossem acontecer, que as pessoas físicas e jurídicas (empresários) estão passando. Prorrogamos o pagamento para dar um fôlego aos contribuintes”, destacou Grando.

No total, são 14,9 mil carnês, com projeção de arrecadação em torno de R$ 9,5 milhões, que estão sendo distribuídos pelos Correios.

ISSQN

Conforme o secretário, o ISSQN também sofreu alterações.

“Quem é obrigado a pagar o tributo receberá uma prorrogação de 90 dias. No período de apuração de março 2020 com vencimento original de 30 de abril quitará o imposto somente no dia 20 de junho. Para apuração no mês de abril, com vencimento original em 1º de junho, o pagamento se dará no dia 20 de julho e assim também acontecerá para o mês de maio que ficará com pagamento para o dia 20 de agosto”, disse.

Grando afirmou que o Poder Público, apesar das contas estarem equilibradas, passará por dificuldades.

“Não sabemos quanto representará a prorrogação dos impostos. Qual o nível de perdas que teremos. Estamos buscado, sempre olhando para os guaporenses, minimizar a situação. Estamos cortando despesas e tudo o que for supérfluo para manter a máquina pública trabalhando, ou seja, gastando estritamente o necessário. A prioridade, neste momento, é a saúde”, afirmou o secretário da Fazenda.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Siga-nos no Instagram: @rdauroraguapore

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários