Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cultuando a música gaúcha “As Gurias” ganham espaço no cenário do Rio Grande do Sul

por Eduardo Cover Godinho

Ana Carla Treviso, 14 anos, Caroline Sentena, 15 anos, e Luisa Debona da Silva, 14 anos, se uniram com o mesmo objetivo: o amor pela música

“Quero a vida com respeito

Por quem sou, pelo meu jeito

Alma de mulher gaúcha”

Os versos, retirados da música “Bem Gaúcha” da compositora Analise Severo, retratam a busca pela valorização da mulher dentro do tradicionalismo do Rio Grande do Sul. Estas que ganham cada vez mais espaço em atividades culturais e campeiras dentro dos Centros de Tradições Gaúchas (CTG) e fora deles. A participação feminina, apesar de ainda ser tímida na música, começa a se destacar com intérpretes, compositoras e instrumentistas cada vez em maior número nos palcos nativistas.

Com o mesmo objetivo, três jovens da “Capital da Hospitalidade” se uniram e, com os sorrisos estampados nos rostos, fazem da música a arte de encantar os gaúchos e gaúchas espalhados pelos quatro cantos do Rio Grande e até quem está longe querência amada. Ana Carla Treviso, 14 anos, Caroline Sentena, 15 anos, e Luisa Debona da Silva, 14 anos, ainda têm um longo caminho a trilhar e muito a aprender no cenário musical, mas demostram o amor e a valorização pela cultura regional. Elas, que mostravam seus talentos em apresentações nos festivais de música estudantil, nos palcos da Semana Farroupilha e agora em lives nas redes sociais (Facebook e Youtube), resolveram se aproximar ainda mais.

Com muito amor pela música gaúcha, as três guaporenses formaram o grupo “As Gurias”. Há pouco mais de oito meses, Ana, Caroline e Luisa estão unidas e aos poucos, com paciência, muito foco e determinação, começam a ganhar espaço no cenário.

“A música para nós do trio ‘As Gurias’ vai além do cantar. Sentimos e vivemos diariamente a tradição do Rio Grande. Representamos todas as mulheres gaúchas deste chão e preservamos a imagem de inúmeras heroínas que outrora ajudaram a escrever a nossa história. Nosso objetivo é zelar pelos princípios do tradicionalismo. Tudo isso fizemos pelo amor à música gaúcha e nossa cultura. Queremos que as futuras gerações continuem a cultuar nossos valores”, disseram as jovens.

Ana destaca-se pela desenvoltura com um dos instrumentos mais difíceis de aprender a tocar: o acordeon, popularmente conhecido como gaita. Ricardo Taufer, músico de reconhecimento em solo gaúcho, é seu professor. Caroline e Luisa mostram talento no violão. Todas colocam a voz nas mais belas canções gaúchas durante as apresentações. Todas as atividades são acompanhadas pelo professor e grande incentivador da cultura gaúcha, Lucas Contini, de Bento Gonçalves. Com estilo próprio, olhar leve e voz marcante, “As Gurias” contam com apoio incondicional dos familiares em cada passo firme que estão dando na árdua caminhada da mulher no cenário musical gaúcho.

“A vida só faz sentido se tivermos um sonho que nos faz desejar o amanhã. Nosso sonho é poder continuar cultuando a tradição da nossa gente, do povo gaúcho”, afirmaram Ana, Caroline e Luisa.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários