Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Semana Farroupilha: Sucesso e muita tradição em sete dias festivos

por Eduardo Cover Godinho

Wilson Paim encerrou a programação no Dia do Gaúcho

Wilson Paim encerrou os festejos farrapos em Guaporé
Foto: Divulgação

O dia 14 de setembro marcou o início da 28ª Semana Farroupilha de Guaporé. O recebimento da Chama Crioula, hasteamento de bandeiras e oficinas de danças com a Cia de Artes Caripaiguarás marcaram a manhã e a tarde. À noite, "batendo água" a comunidade não se intimidou e prestigiou os primeiros shows. Após o pronunciamento da secretária de Turismo e Cultura Cristiane Viel, abrindo oficialmente os festejos, o duo de violão e acordeón Valdir Verona e Rafael de Boni. A boa música foi seguida pelo espetáculo de dança da Cia de Artes Caripaiguarás.

Já o final de semana foi repleto de música, cultura, oficinas, dança e tradição, na praça Vespasiano Corrêa. Nem o tempo feio espantou os tradicionalistas e a comunidade que prestigiaram a 28ª Semana Farroupilha de Guaporé.

Entre as atrações Balanço do Tchê, Giovani e Ricardo e Silhueta Campeira. As apresentações emocionantes dos CTGs Estirpe Gaúcha e Última Tropeada que arrancaram lágrimas e aplausos de pé.

Os pequenos mantendo viva a tradição, emocionando os adultos.

A praça foi palco também para uma palestra e lançamento do livro Bailar Gaúcho, de Cristiano Barbosa, para a Missa Crioula, abençoando todos os gaúchos e gaúchas, grupo Cala, de Nova Prata, oficina de lenço, vaca parada, entre outras atividades.

O domingo também foi marcado pela chegada da 25ª Cavalgada da Amizade, que partiu de Passo Fundo, sendo recepcionada no CTG Os Desgarrados.

A noite da segunda feira, 18 de setembro, foi de tempo bom e temperatura agradável. O clima, somado à grande atração na praça Vespasiano Corrêa, fez a Semana Farroupilha 2017 viver um de seus grandes momentos.

A comunidade saiu de casa e a lotação na praça, tanto na área central, quanto nas barracas e arredores era total. Difícil encontrar lugar para estacionar.

Antecedendo o esperado show do grupo Tchê Barbaridade, um lindo espetáculo de dança e cultura emocionou a todos. O grupo “Birivas: Tropeiros de dois mundos” contou a história dos tropeiros e envolveu a plateia numa apresentação que ficará na memória.

Após, com um lindo jogo de luzes e a execução do Hino Riograndense ao som de guitarras, o Tchê Barbaridade arrancou aplausos entusiasmados.

Revisitando grandes sucessos de todos os tempos e apresentando seus novos ritmos o grupo cativou o público e fez todo mundo dançar.

Os últimos dois dias da Semana Farroupilha de Guaporé foram de tempo bom e praça lotada. Barracas com grupos animados, churrasco na brasa e chimarrão de mão em mão.

No palco presenças maiúsculas de artistas locais, regionais e estaduais, além das oficinas culturais.

No dia 19 de setembro aconteceu o sorteio do Papa Notas, seguido pelo show de João Chagas Leite. No dia 20 de setembro, feriado pelo Dia do Gaúcho, no palco à tarde Os Buenachos, e à noite apresentação do CTG Os Desgarrados, antecedendo Wilson Paim.

Com seu carisma e musicalidade Paim embalou a última noite farroupilha. Com músicas muito conhecidas, românticas e inspiradoras, o músico finalizou com chave de ouro dias de muitas comemorações e confraternização.

A noite marcou também a extinção da Chama Crioula, pelo prefeito Valdir Fabris, como um marco de encerramento da Semana Farroupilha 2017. “Foi um grande sucesso, tivemos shows para todos os gostos, valorizamos e aplaudimos nossos talentos da terra, e saímos da praça com a certeza do dever cumprido. Foram dias de muito sucesso. Para 2018 vamos melhorar ainda mais, pois a Semana Farroupilha cresce com a comunidade de Guaporé. Obrigado a todos que se dedicaram e participaram”, agradece a secretária Cristiane Viel, da secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Desenvolvimento Econômico, organizadora do evento do Poder Público Municipal, com a parceria das entidades tradicionalistas.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários