Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Dois lajeadense é agraciada com o Prêmio Vitor Mateus Teixeira

por Eduardo Cover Godinho

​Tatiéli Bueno recebeu o troféu de melhor cantora da AL/RS. Premiação busca reconhecer, valorizar e incentivar os trabalhos e ações que divulguem a música e o artista gaúcho

Tatiéli recebeu certificado e o troféu de melhor cantora durante cerimônia no Teatro Dante Barone
Foto: Marcelo Bertani

Instituído em agosto de 1997 pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (AL/RS) como forma de reconhecer, valorizar e incentivar os trabalhos e ações que divulguem a música e o artista gaúcho, o prêmio Vitor Mateus Teixeira 2018 condecorou, em solenidade no Teatro Dante Barone em Porto Alegre, artistas/músicos, emissora de rádio, grupos musicais e outras personalidades que cultuaram as tradições gaúchas. Entre os agraciados, a cantora sul-brasileira Tatiéli Bueno. Natural de Dois Lajeados, mas há anos radicada em Caxias do Sul, Tatiéle recebeu o prêmio de melhor cantora.

Tatiéli, que atualmente circula como três espetáculos, um tributo a Mercedes Sosa, o Sensibilidade que lhe rendeu um CD e três indicações ao Prêmio Açorianos de Música, 2015/2016, “Melhor Álbum” e “Melhor Intérprete” e “Artista Revelação”, e o seu mais novo trabalho Universo Feminino, voltado para a música popular brasileira, recebeu a honraria ao lado de outros nomes importantes do nosso Rio Grande como Cristiano Quevedo (cantor), João Batista de Oliveira (declamador), Liliana Cardos (declamadora), Pedro Alaor Merchel(Trovador), Gujo Teixeira (compositor) e Charlise Bandeira (instrumentista).

“Uma honra e uma emoção muito grandes, é um símbolo que materializa um sonho e me mostra que estou no caminho certo, que meu trabalho está sendo reconhecido e validado. Não existem palavras exatas que descrevam a sensação e alegria que é receber essa honraria, são anos de trabalho e muita dedicação, ter esse reconhecimento me motiva a seguir ainda mais determinada.”

Tatiéli ressalta que, com o passar dos anos, o povo gaúcho está cada vez mais valorizando suas origens.

“O povo gaúcho sempre foi muito bairrista e se orgulha muito da cultura e do Rio Grande do Sul. O que sinto são manifestações distintas de orgulho, muitos se identificam com a música, a dança, a parte campeira, enquanto muitos outros gostam do turismo, da culinária e por aí vai, pois na verdade a cultura gaúcha é tudo isso. Tudo que envolve o povo que nasceu aqui é e deve ser celebrado. Vejo dessa forma mais ampla, e acredito que sim, nos orgulhamos muito do que é nosso, e eu como cantora, também da cultura do sul, faço minha parte propagando a cultura pela música, poesia e pela minha voz”

Os vencedores foram escolhidos por uma Comissão Julgadora, formada por representantes do Sindicato do Músicos Profissionais do Rio Grande do Sul (Sindimus/RS), do Sindicato dos Compositores Musicais do Estado RS (Sicom/RS), do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), da Fundação Vitor Mateus Teixeira e do Departamento de Cultura da Assembleia Legislativa RS.

 

Agraciados de 2018

Cantor: Cristiano Quevedo

Cantora: Tatieli Bueno

Declamador: João Batista de Oliveira

Declamadora: Liliana Cardoso

Trovador: Pedro Alaor Merchel

Compositor(a): Gujo Teixeira

Instrumentista: Charlise Bandeira

Arranjador(a): Sergio Rojas

Pajador(a): Paulo de Freitas Mendonça

Produtor(a) Musical: Dinorah Araújo

Capa de Disco: Labirintos de Papel - design gráfico – Raquel Gorski

Veículo de Divulgação de Artista Gaúcho(a): Rádio Litoral Sul FM 104.3

Grupo de Show: Tambo do Bando

Grupo de Baile: Os Monarcas

Grupo de Dança Gaúcha: União Gaúcha Simões Lopes Neto - Pelotas

Bandinha Típica Alemã:  Os 3 Xirus

Conjunto ou Intérprete de Música Teuto-rio-grandense: Bandinha do Piriquito

Conjunto ou Intérprete de Música Ítalo-rio-grandense: Maria da Graça Lazzari Bernardi

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários