Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Caroline Sentena e Lucas Contini exaltam participação no festival “Cante e Encante seu CTG”

por Eduardo Cover Godinho

Com a música “Se o Sangue nos Separa”, dupla concluiu concurso na quinta colocação. CTG Estância da Serra, de Osório, foi o grande vencedor

Contini (D) e Caroline (C) concluíram o festival na quinta posição
Foto: Divulgação

O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) concluiu com êxito o festival nativista “Cante e Encante seu CTG”. Criado com o propósito de valorizar as entidades, suas histórias, os trabalhos que desenvolvem em prol da cultura e, em especial, abrir as portas aos novos talentos da arte do canto e dos instrumentos, os organizadores do concurso divulgaram no sábado, dia 11 de julho, as melhores canções no espaço de cultura Web Gaúcha, em Porto Alegre.

A edição virtual contou com a participação, na grande final, de 10 composições e entre elas estava a da dupla Caroline Sentena e Lucas Contini, do Centro de Tradições Gaúcha (CTG) Última Tropeada. A música “Se o Sangue nos Separa”, letra de Contini e interpretada por Caroline, concluiu o “Cante e Encante seu CTG” na quinta posição. A vencedora foi a canção “Alma Estancieira”, composta por Flávia Nogueira e Leandro Berlesi, do CTG Estância da Serra, de Osório.

Conforme Caroline e Contini, a letra da música “Se o Sangue nos Separa” é o retrato das amizades que se formam dentro de uma entidade tradicionalista e demonstra os laços de afeto e carinho. O slogan é: “que seja pura e verdadeira”. A guaporense destaca a importância da participação no festival nativista.

“É a oportunidade dada pela entidade máxima do tradicionalismo gaúcho para os novos talentos mostrarem seu valor. Mais do que nunca, é valorizar a arte, a cultura do nosso povo. Estou muito feliz em ter participado e, principalmente, ter conquistado, em meio a tantos com qualificações incríveis, o quinto lugar”, disse.

Contini ressaltou a importância de participar de festival nativista.

“O festival representou um fruto de muito trabalho e dedicação em prol da música. Viemos há tempos participando de rodeios, concursos e agora fomos agraciados com este festival de canções inéditas. Na nossa letra representamos a amizade, o carinho, o amor puro e verdadeiro. A música traz à tona um sentimento mútuo de laços de afeto e irmandade. Ficar entre as cinco canções do festival nos deixa felizes pelo motivo de que estamos no caminho certo, trilhando nosso espaço para ganhar nosso cantinho e nossa luz ao sol”, disse.

Caroline e Contini parabenizam a comunidade pelo envolvimento ao longo do processo de escolha da música mais popular na rede social (Facebook). Foram mais de 1,3 mil curtidas, muitos comentários e compartilhamentos.

“Agradecemos o carinho de cada um dos guaporenses e moradores da região que colaboraram ao longo do concurso. Difícil citar cada um, mas com certeza levamos vocês no coração. Nossa gratidão pelas palavras de apoio, incentivos, mensagens e comentários. Isso nos dá ânimo para continuar cultuando as tradições do nosso Rio Grande”, destacaram.

O festival nativista “Cante e Encante seu CTG”, apresentado por Pedro Júnior da Fontoura e Analise Severo, homenageou o músico Porca Véia, que morreu no dia 12 de junho. Uma gravura com a imagem do músico foi pintada em tempo real, a carvão, pelo artista plástico Anilto Cáureo e será presenteada à viúva do gaiteiro, Clau Boassardi. O evento contou com o show de Érlon Péricles e Cristiano Quevedo.

 

Música: “Se O Sangue Nos Separa”
Letra: Lucas Contini e Caroline Sentena
Intérprete: Caroline Sentena

Coisa linda é ter algum amigo
Para matear no galpão.
É correr, fugir do perigo,
Desta tristonha solidão!

É amar, ter algum sentido
Para viver excelentes momentos!
Pois guardamos um amigo
No fundo do nosso peito.

É poder guardar um segredo,
É poder confiar sem medo,
É poder quebrar o gelo
Nesta irmandade que é pra vida inteira!
Que seja pura e verdadeira,
E companheira!

Se o sangue nos separa a amizade nos une,
Pois, mesmo um coração rude amolece ao amor.
Coisa de imenso valor é um amigo pra abraçar,
Pra chorar, compartilhar aconchego e calor.
Aconchego e calor!

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários