Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

“Caixinhas da Girafinha” arrecadam R$ 3,75 mil em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Valor, depositado pela comunidade de bem, foi depositado para a família de João Emanuel Rasch Schropfer, diagnosticado com Atrofia Muscular Espinhal (AME)

A solidariedade do povo guaporense é algo incomum e surpreende a cada dia. Em todas as campanhas deflagradas para auxiliar quem enfrenta dificuldades, bem como as colaborações diárias para as entidades assistenciais que proporcionam melhores condições de vida para crianças, adolescentes e idosos, a mão de cada cidadão de bem da “Capital da Hospitalidade” estendida e auxiliar. Não tem sido diferente com os “pequenos grandes guerreiros”, não residentes em Guaporé, que passam por graves problemas de saúde e necessitam do medicamento mais caro do mundo.

Voluntários deflagraram nos meses de outubro, novembro e dezembro uma campanha, denominada “Troco Solidário”, para auxiliar no tratamento que do pequeno João Emanuel Rasch Schropfer, de um ano, morador de Lindolfo Collor. O garotinho foi diagnosticado com Atrofia Muscular Espinhal (AME) – Tipo 1 e necessita de tratamento que custa cerca de R$ 12 milhões. A medicação (Zolgensma) ainda não está disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Nos meses que as “caixinhas da girafinha” estiveram nos mais de 40 estabelecimentos comerciais foram doados, através dos trocos após as compras, R$ 3.750,00. A quantia, conforme o grupo de voluntários, foi depositado na conta de João Emanuel Rasch Schropfer, agência 0101 – Sicredi.

“É uma satisfação muito grande sabermos que a comunidade tem sido parceira em todas as iniciativas para contribuir com quem realmente necessita. Estamos orgulhos de poder ajudar mais uma criança diagnosticada com AME. Obrigado Guaporé. As ‘caixinhas da girafinha’ continuarão nos estabelecimentos. Continuem depositando e vamos fazer a diferença na vida do pequeno João Emanuel”, destacaram.

Mais informações sobre a criança e a luta dos pais Luciana Vanderleia Rasch, 41 anos, e Édio Schropfer, 43 anos, podem ser obtidas no Facebook da família do pequeno João Emanuel (AME João Emanuel).

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários