Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

LEO Clube Guaporé promove atos em homenagens às vítimas da doença e aos profissionais do Hospital Manoel Francisco Guerreiro

por Eduardo Cover Godinho

Jovens do clube de serviços entregaram 37 rosas na casa de saúde e, no largo central da praça Vespasiano Corrêa, acenderam 37 velas formando um grande coração

Com objetivo de chamar atenção da comunidade que a pandemia do coronavírus (Covid-19) ainda não acabou e exige o máximo de atenção para o cumprimento de todas as medidas sanitárias e de segurança para vencermos a batalha contra o inimigo invisível, integrantes do LEO Clube Guaporé, presididos por Anna Júlia Roman, promoveram dois atos emocionantes na noite do domingo, dia 14 de março. A turma, que há tempos destaca-se por ações sociais que mudam realidades, entregou rosas no Hospital Manoel Francisco Guerreiro e acendeu velas, formando um grande coração, no largo central da praça Vespasiano Corrêa.

Respeitando os protocolos de saúde, cinco jovens, acompanhados do presidente nacional do LEO Clube, Arthur Mainardi, entregaram para os profissionais de saúde, que atuam na linha de frente no combate à Covid-19, 37 rosas. O ato, que comoveu os presentes, aconteceu nas dependências da unidade hospitalar. Em cada rosa, a mensagem: "Obrigado aos Anjos da área da saúde!"

“Um gesto simples, mas que marca um ano que estes estão na linha de frente enfrentando à doença para salvar vidas. Esses profissionais de saúde, independente se são médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, atendentes ou responsáveis pela limpeza, são verdadeiros heróis. A eles, nosso agradecimento por tudo”, disseram os jovens do LEO Clube Guaporé.

Na sequência, a turma deslocou-se para a praça Vespasiano Corrêa. Sem a presença de munícipes, o espaço público foi o cenário perfeito para a montagem de uma belíssima homenagem para as 37 vítimas da Covid-19. Defronte à Igreja Matriz Santo Antônio, foram acessas 37 velas e um gigante coração, no largo central da praça Vespasiano Corrêa, formou-se. Cada vela representa um guaporense que, infelizmente, perdeu a luta contra o inimigo invisível ao longo de um ano.

A homenagem, conforme os organizadores, também se estende para as famílias que, durante o processo de internação, foram fortes e nunca perderam a esperança. Nos potes, onde foram colocadas as velas, frases marcam o momento e buscam conscientizar a pessoas: venceremos essa batalha juntos!; a prevenção está nas nossas mãos!; usar máscara é um ato de amor à vida; em tempo de crise empatia é fundamental.

“Não são dados que vão ficar nas tristes estatísticas da pandemia, são 37 vidas que acabaram. Eram pessoas amadas por outras, pais, filhos, irmãos, amigos e conhecidos. Cabe a nós, todos nós, nos solidarizarmos com as famílias e rezarmos por cada uma das vítimas da Covid-19. Façamos a nossa parte para que não tenhamos que chorar por mais nenhum guaporense”, afirmaram os jovens do LEO Clube Guaporé que, após o ato, deixaram os potes com as velas no comércio local.

“Sabemos que os empresários e seus colaboradores também estão tendo dificuldades devido às lojas estarem fechadas”.

O ato, na praça central, contou com a participação de policiais do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM) e voluntários da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMPDEC) que estão na Operação “Te Cuida”.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais