Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Latinhas se transformam em recursos para compra de medicação para crianças e adultos

por Eduardo Cover Godinho

Ana Celso Redante comercializou, com auxílio da comunidade, mais 86Kg. R$ 400,00 foram destinados para o pequeno Hendryw Mercalli

Latas de alumínio tomam conta de um cômodo da residência. Todas são vendidas para ajudar quem realmente necessita
Foto: Divulgação

Você com certeza ouviu a expressão popular: “De grão em grão a galinha enche o papo”. Ela significa que, pouco a pouco e com paciência, podemos concretizar sonhos, sejam eles para a conquista de bens materiais ou, como no caso da guaporense Ana Celso Redante e muitas outras pessoas/entidades/associados que se propõem fazer o bem, colaborar com quem está necessitando. Aposentada, a moradora da rua João Manoel Pereira, bairro Nossa Senhora do Carmo (Pinheirinho) – proximidades da Capela, está há meses arrecadando e recebendo da comunidade latas de alumínio para transformá-las em recursos financeiros para auxiliar no tratamento médico de crianças.

Foram quatro ações de sucesso e a solidariedade dos guaporenses só aumenta, conforme destacou Ana. Tamanho carinho e empatia pela atividade rendeu mais 86Kg de latinhas. Estas, diferente das outras oportunidades, foram vendidas sem a necessidade de amassá-las, com ajuda dos três netos, na “engenhoca” construída pelo filho. O valor: R$ 400,00. Pouco?

“Com certeza não é. Parece, mas para quem está necessitando qualquer quantia faz a diferença. Podemos, com a bondade da comunidade, fazer mais uma doação para uma criança de 1 ano que passará por cirurgia. É um valor que servirá para o tratamento. Se cada um fizer a sua parte, demonstrando amor ao próximo, acredito que vamos oportunizar uma vida melhor para muitas pessoas que passam por dificuldades”, disse Ana.

A família que será beneficiada com os R$ 400,00 é do pequeno Hendryw Mercalli. Nascido em 3 de janeiro de 2020, o guerreiro apresentou uma má formação no pé direito (pé totalmente torto). O garotinho passou por várias ações de correção como a utilização de gesso, cirurgia, botinhas ortopédicas, até que uma infecção intestinal interrompeu o tratamento. No retorno, mais consultas, trocas de gesso e avaliações médicas.

“Nos sensibilizamos com a história do Hendryw e resolvemos colaborar. Agradeço todos que doaram. Vocês estão fazendo a diferença na vida destas pessoas. Gratidão! Que possamos continuar enchendo nossos corações de alegria”, salientou.

Conforme Ana, a arrecadação de latinhas de alumínio continua. Agora a ajuda financeira será para as voluntárias da Liga Feminina de Combate ao Câncer. Para mais informações de como contribuir na ação solidária basta entrar em contato pelo telefone (54) 9.9902.0373.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários