Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Pisa da uva marca simbolicamente o início da colheita em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Município possui cerca de 70 produtores que, a cada safra, colhem aproximadamente cinco milhões de quilos de uva em 270 hectares de parreirais

Ao som de “El vin l'è bon, l'è un bel bicer, ze meio na serva che un cavalier”, cantado à capela por cerca de 70 pessoas, o prefeito de Guaporé Valdir Carlos Fabris, o vereador Jonas Agosti, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) Fernando Marcolin e o jovem produtor Rafael Marcolin, resgataram uma das mais tradicionais e antigas artes da produção de vinho: a pisa da uva. O ato simbólico, realizado nas dependências da Vinícola Scalco – Linha Félix da Cunha, marcou oficialmente o início da colheita da safra da uva no município.

O evento, denominado “Abertura Municipal da Colheita da Safra da Uva” – organizado pela secretaria de Agricultura, em conjunto com a secretaria de Turismo, Cultura e Esporte na terça-feira, dia 28 de dezembro, reuniu autoridades estaduais, regionais e municipais, lideranças rurais, agricultores e futuros investidores da fruta que, além do servir como alimento (in natura e beneficiada), é uma das mais ricas fomentadoras do chamado “turismo rural”. O encontro marcou-se por manifestações dos deputados federal Heitor Schuch (PSB) e estadual Elton Weber (PSB), do vice-presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag/RS) Eugênio Zanetti, de lideranças locais e uma conversa técnica com o presidente do STR de Bento Gonçalves e presidente da Comissão Interestadual da Uva Cedenir Postal.

Os secretários anfitriões Edelvan Balbinotti (Agricultura) e Odacir Toldi (Turismo) afirmaram que a “Abertura Municipal da Colheita da Safra da Uva”, apesar de ser um evento simbólico, marca um novo tempo: o de maior valorização do produtor rural.

“Compreendemos a importância que a agricultura tem, em especial a familiar, para a economia do município. Nosso Governo está investindo e contribuindo com o crescimento das propriedades rurais. Os números são a prova de que, com bons projetos e valorizando as pessoas, nós podemos mais no setor. Crescemos de 12% para cerca de 30% e vamos avançar mais, principalmente pela visão de muitos produtores que estão investindo no turismo”, disseram.

Guaporé, com seus 270 hectares de área plantada e produção por safra de aproximadamente cinco milhões de quilos, tem uma crescente participação na região, contando com cerca de 70 famílias produtoras – correspondendo a 10% das propriedades. A uva do vinho, dos sucos, das geleias, dos doces, dos produtos da indústria cosmética. A uva de mesa, a uva nossa de cada dia.

“A produção de uva, apesar de não ser a de maior área plantada no município, tem um significado muito importante na vida das nossas famílias do interior. Nós, como Administração Municipal, valorizamos os produtores e sabemos do esforço, da dedicação que colocam a cada safra. A esperança os move. Cabe a nós, contribuir com políticas púbicas que possam fazê-los diversificar a economia nas propriedades e desenvolver cada vez mais o setor primário. Consequentemente melhora a renda familiar, gera qualidade de vida e contribui para que possamos realizar novas ações e serviços”, afirmou o prefeito Fabris.

Após a pisa da uva, que marcou oficialmente e simbolicamente o início da colheita, todos os presentes foram convidados a confraternizar com produtos do setor primário guaporense. No cardápio: salgados, doces, vinho, suco, espumante, pão, entre outras delícias.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais