Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Emater entrega relatório anual ao Poder Público Municipal

por Eduardo Cover Godinho

Parceria entre Administração, Entidades, produtores e Emater trouxe superação em ano de desafios

Integrantes da Emater estiveram reunidos com o prefeito Fabris para apresentar os números de 2020
Foto: Divulgação

Foi um ano desafiador para o setor primário de Guaporé. Porém 2020, mesmo em tempos de pandemia e da maior estiagem das últimas décadas, trouxe crescimento para o setor primário.

Os números, os desafios, as conquistas e o trabalho coletivo estão presentes no Relatório de Atividades de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social da Emater de Guaporé. A entrega dos dados compilados aconteceu no Gabinete do Prefeito Valdir Fabris, pelo chefe do escritório local, Engenheiro Agrônomo Antônio Cesar Perin, Extensionista Tiago Oliveira Figueredo e Lisiane Garcia Farias, secretária administrativa.

Entre os destaques apresentados, o crescimento do setor rural na economia de Guaporé, gerando renda e empregabilidade, atraindo novos investimentos e jovens para o meio rural. Parcerias como o Programa Jovem Empreendedor Rural tem facilitado com linhas de crédito e apoio no pagamento das prestações, o nascimento de muitos empreendimentos rurais.

Outro destaque que fortalece o setor é a diversificação da produção, que além de grãos como milho, soja, trigo, também se fortalece na área da uva, laranja, noz pecã, hortifruti, leite e os produtos agroindustriais, que fomentam o Turismo Rural, entre outras atividades dos produtores rurais.

O grande desafio do ano foi a estiagem que assolou o Rio Grande do Sul entre novembro de 2019 a abril de 2020. Ações emergenciais e também preventivas foram tomadas. Açudes foram abertos garantindo abastecimento nas propriedades. Atingiu-se 11 produtores familiares habilitados a receber os investimentos do Programa Estadual de Apoio Infraestrutura. Destes, 09 já estão concluídos. Totalizando um volume atual de quatorze milhões de litros de água. A construção de açudes permite que as propriedades possam dispor de água para os animais, para irrigação e outras utilidades. Além de servirem de unidades de referência para outros empreendimentos e diminuição de perdas agrícolas.

A manutenção da qualidade do solo, evitando a erosão, também foi destaque. Conservar o solo é prioridade para o crescimento do setor. Em 2020 houve a construção de terraços em 30 hectares de terra e manutenção e aperfeiçoamento em mais 50 hectares. Os terraços, juntamente com medidas de manejo mais adequado de utilização do solo e água, auxiliam no direcionamento das águas das chuvas.

Ações de apoio e incentivo, trabalho coletivo e empreendedorismo dos produtores rurais resultaram num crescimento aproximado de 25%. “Juntos enfrentamos grandes desafios, aprendemos e nos fortalecemos. Adotamos medidas preventivas e ao mesmo tempo continuamos a empreender. Nossos produtores estão cada vez mais buscando conhecimento, tecnologia, inovação para produzir mais e melhor, sempre respeitando o meio ambiente. Nós, Poder Público, trabalhamos ao lado da Emater, Sindicato, Entidades e de cada produtor. Somos suporte e incentivo. E continuaremos sendo. Para os próximos quatro anos, continuem contando conosco para crescermos junto com Guaporé”, disse o prefeito Fabris.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários