Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Tarde de Campo reúne associados em Dois Lajeados

por Eduardo Cover Godinho

Atividade tratou sobre produção de forragem e teve a presença de 40 participantes

Evento direcionou produtores e levou informações
Foto: Carina Marques

A propriedade do associado Cleomar Costella foi o cenário para a Tarde de Campo sobre planejamento forrageiro organizada pela Dália Alimentos. No dia 26 de outubro, produtores associados à cooperativa de diversas regiões reuniram-se em Linha Emília, interior do município de Dois Lajeados, para participar do evento que apresentou dados e levou informações aos produtores de leite que fazem parte do Programa Leite Saudável.

Os assuntos foram abordados no pátio da propriedade, sob a estrutura da Escola do Leite, montada para abrigar os 40 participantes de diferentes regiões assistidas pela Dália. O técnico que presta assistência técnica à família Costella, Dirceu Fronchetti, apresentou dados da propriedade, informando números relativos à produção e à produtividade. O técnico da região de Anta Gorda, Júlio De Sordi, fez a explanação teórica sobre planejamento forrageiro.

Cleomar tem a ajuda da esposa Marinês e dos filhos Felipe, 25 anos, e Ana Paula, 21 anos. Todos se envolvem no trabalho, desde a parte de pastagem até a ordenha. A propriedade possui 22 hectares e, destes, 16 são destinados ao gado leiteiro que, atualmente, possui um rebanho composto por 71 animais, dos quais 37 são vacas em lactação, que produzem 900 litros de leite por dia. Com um pavilhão no modelo free stall, as vacas permanecem alojadas no sistema de semiconfinamento e, uma vez ao dia, são direcionadas à pastagem. Aliás, o sistema de alimentação é realizado em piqueteamento e tudo segue em padrão de organização e planejamento, a fim de garantir alimento aos animais em todas as estações do ano.

Para 2018, conforme estudo e planejamento realizado pelo produtor com amparo do técnico da região, a previsão é chegar às 50 vacas em lactação e a um rebanho total constituído por 90 animais. O filho Felipe relatou sobre as práticas adotadas pela família e disse que tudo é registrado no Caderno Técnico de Campo, imprescindível para o bom andamento da atividade leiteira.

"Sem anotar não há como ter dados confiáveis”.

A família Costella é uma das 365 participantes do Leite Saudável, um dos programas de assistência técnica da Dália Alimentos. O outro é o Vale dos Lácteos, do qual participam 63 produtores de leite que recebem assistência mensal de médico veterinário no aspecto reprodutivo. Para encerrar o evento, houve visita à área de pastagem para visualizar o sistema adotado pela família. De acordo com o supervisor do Setor Gado Leiteiro, Fernando Oliveira de Araujo, a ideia é dar continuidade às tardes de campo, seguindo o mesmo modelo e levando aos produtores informações e conhecimento sobre os mais variados assuntos ligados à atividade leiteira.

“O evento atingiu todos os objetivos propostos, reunindo produtores de diferentes regiões de produção que têm os mesmos desafios diários. Sobre a escolha da propriedade da família Costella, estendemos que é um exemplo de como é possível produzir forragem de qualidade durante todo o ano, evitando quedas na produção de leite e, consequentemente, menor renda do produtor”.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários