Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Amar, amar-se...

Neusa Picolli Fante

Amar em todos os tempos... nos difíceis, nos fáceis, nos leves, nos densos... Amar, amar-se... No ontem, no hoje, no amanhã... Resgates de amor que fortificam. Plantio de amor como unidade de vida e espera pela colheita; em algum lugar e de alguma maneira resquícios do sentido voltam para abraçar...

Amar, amar-se - é o maior escrito. Mais elevado sentimento, maior ternura com o outro ou consigo, mais elevada compaixão que se constrói...

Facetas do amor que se mostram, que se constroem, que alimentam o viver, que corroboram para a plenitude alcançar...

Falta que nos remete a não encontrar, a ficar perdidos no mesmo lugar.

Proteção que se constrói... Buscas que me movem... Partes de vida que se criam...

Amor que se mantém, que se modifica, que inspira a ir além...

Amar-se em novos tempos, com novas verdades, novos entendimentos...

Amar bons términos, amar novos inícios, amar construindo esperanças, amar acalentando sonhos, amar transformando ilusões...

Amar, amar-se - sempre presente. Resgates explorados e procurados em cada um de nós.

Simplesmente amar, do seu jeito, com os recursos que tem, com os registros que mantém, mas acima de tudo amar...

Novamente amar-se, de um novo jeito, de uma nova maneira, encontrando constantemente novas maneiras de apaixonar-se perdidamente por si mesmo.

Sentido que emerge, significado que nasce no encontro de se amar...

 

Sobre o autor

Neusa Picolli Fante

Psicóloga Clínica e Especialista em Teoria, Pesquisa e Intervenção em Luto. Graduada em Comunicação Social.  Autora do livro Caminho dos Girassóis: Uma abordagem sobre o luto, Dor sem Escuta, Entrelinhas da Vida, Quintais da Minha alma.

Enviar Correção

Comentários